Segunda, 18 de Outubro de 2021
27 99808-4347
Polícia Executado emLinhares

Jonas Soprani: "Só fica preso quem morre", diz legenda de compartilhamento no perfil da vítima

Inbox recebemos um desabafo sobre a foto que ilustrou manchetes da execução do ativista. em Linhares.

11/09/2021 11h43 Atualizada há 1 mês
Por: Redação
Jonas Soprani:

No dia 10 de setembro de 2020, Jonas da Silva Soprani, de 48 anos, desejou “Bom dia” legendado por esta foto em destaque. Mal sabia que 10 meses após a postagem, a mesma foto ilustraria a manchete da morte dele, em portais de notícias e impressos no Brasil inteiro. E isto foi lembrado em um compartilhamento do mesmo perfil, que continua ativo e manuseado por familiar da vítima.

Clique aqui e siga o Eu Vi em Linhares no Instagram

Continua depois da publicidade

Quem compartilhou, marcou a nossa equipe e mais 20 pessoas, e apenas escreveu: “Há 1 ano. Essa foto está em todas notícias de sua execução. Só fica preso quem morrer”. Em mensagem inbox, uma pessoa disse-nos: “É um grito por justiça, e para ninguém esquecer, e é para todos saberem que quem mandou matar continua aí, livre, e o Jonas foi calado cruelmente e covardemente, sem chance de se defender. Eu pergunto então, que Brasil é esse? Que justiça é essa? Peço se o Site Eu Vi em Linhares pode colocar fotos, aquelas do local do crime, para todos verem e lembrar que um homem íntegro teve a vida eliminada simplesmente por falar o que ninguém tinha coragem”.

Então, atendemos o pedido com as montagens acima. Jonas Soprani era conhecido por fazer vídeos de diversas denúncias sobre política, obras que considerava suspeitas, entre outros, e depois postar tudo na rede social. Ele foi morto a tiros, dentro de um bar no bairro Novo Horizonte, no início da noite de 23 de junho deste ano de 2021.

Continua depois da publicidade

Ele chegou a ser socorrido, e o relatório policial cita que enquanto agonizava caído no chão do bar, ainda conversou com a guarnição da Polícia Militar, e disse que não viu quem atirou nele, e não sabia informar se havia alguém o perseguindo até o local.

Outro homem, J.R.B., foi atingido por um dos disparos em um dos pés, e levado por populares para o Hospital Geral de Linhares (HGL), enquanto Jonas foi levado em estado grave para o Hospital Rio Doce, onde veio a óbito quase que em seguida.

Algumas pessoas apontadas pela investigação foram presas, mas quase todas foram soltas dias depois. Denúncias com provas continuam sendo muito importantes: Ligue para o 181 ou vá direto à DHPP na 16ª Delegacia Regional de Linhares (DRL).

Continua depois da publicidade
6 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias