Resultado

Casal que maltratava e mantinha criança em cárcere privado está entre presos em operação em Linhares

Inúmeros policiais e viaturas, incluindo helicóptero, estavam em ação ainda de madrugada.

22/05/2020 10h36Atualizado há 7 dias
Por: Redação

Uma das pessoas presas durante a megaoperação policial em Linhares nesta sexta-feira (22) é um  indivíduo que estava com mandado de prisão por crime de estupro. As informações são do delegado Fabrício Lucindo Lima. O chefe da 16ª Delegacia Regional de Linhares (DRL) também informou que um casal também foi preso em cumprimento a mandados de prisão.

Leu? Operação policial deixa bandidagem de cabelos em pé em Linhares, ainda de madrugada

Esse casal responde  pela prática de crime de cárcere privado e maus tratos contra uma criança de 07 anos de idade. Além desse casal e do indivíduo preso por acusação de estupro, teve outro homem preço. Foi no bairro Interlagos, em cumprimento a mandado de prisão em aberto, pelo crime de tráfico de entorpecentes.

O delegado Fabrício Lucindo Lima disse que a operação aconteceu em Linhares e Sooretama, com objetivo de cumprir 21 mandados de busca e apreensão, Mandados de Prisão e condução de suspeitos de praticarem crimes de homicídios, porte ilegal de arma de fogo e tráfico de entorpecentes.

Em Sooretama os Políciais cumpriram dois mandados de prisão, um pela prática de crime de tráfico de entorpecentes e associação para o tráfico; e outro por lesão corporal, crime vinculado a lei Maria de Penha.

Em Linhares, além das prisões acima, foram apreendidas duas armas de fogo, revólveres, e boa quantidade de munição. “A operação contou com Policiais Civis da Regional de Linhares, Sooretama, Rio Bananal, Aracruz, São Mateus, SPRN e SPE. Na Policia Militar, contamos com apoio de três equipes de K9 da região norte, além da Força Tática de Linhares, São Mateus e Aracruz,  policiais militares da região norte e helicóptero no apoio as operações em terra”,  disse o delegado.

Os presos foram encaminhados para os presídios de Xuri, nesse caso, o acusado de crime sexual; e para Colatina (as mulheres) e Penitenciária Regional de Linhares (PRL )os homens. “A  operação foi denominada "Pacificação" e tem por objetivo a redução dos índices criminais na região”,  concluiu o delegado.

10comentários
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários