Quinta, 13 de Agosto de 2020
27 99808-4347
Polícia Reconhecido

Família reconhece corpo de Ryan no SML de Linhares

Ele havia sido sequestrado na terça-feira de carnaval, no bairro Aviso.

27/02/2020 17h30 Atualizada há 6 meses
Por: Redação
Família reconhece corpo de Ryan no SML de Linhares

Foi reconhecido no Serviço Médico Legal (SML) de Linhares na tarde desta quinta-feira (27), o corpo do adolescente Ryan Nascimento Xavier, 17 anos.  O cadáver dele havia sido encontrado em estado de decomposição no início da tarde do mesmo dia, em uma estrada lateral da Rodovia BR-101, próximo ao Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), conforme noticiamos anteriormente.

Leu? Jovem vai visitar o pai e é recebido a tiros no Nova Esperança

O reconhecimento foi possível graças às vestes que a vítima usava quando foi levada por um homem, no bairro Aviso. Isto aconteceu na noite do último dia 25, terça-feira de carnaval, no bairro Aviso. Na mesma ocasião, também seria sequestrado o irmão de Ryan, mas ele correu e foi baleado pelo sequestrador. A vítima foi levada para o hospital em estado muito grave.

O corpo de Ryan estava apenas com a parte das costas com pele, o que dificultou o reconhecimento, mesmo a vítima ter tatuado a palavra “fé” no pescoço e o nome da mãe outra no antebraço direito.

Apesar de reconhecido, em decorrência do horário que inviabiliza atendimento no cemitério, o corpo só será liberado para sepultamento na manhã desta sexta-feira (28). E apesar de a família reconhecer as roupas e chinelos da vítima, em casos assim, o reconhecimento ganha uma espécie de reforço através de materiais que são levados para procedimentos no DML, em Vitória. O crime é investigado pela Polícia Civil. A foto é do Facebook.

11 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias