Noite

PM de folga atira contra suspeitos na volta da academia, mãe diz que filhos são usuários

Foram quatro disparos da arma manuseada pelo policial.

09/01/2020 08h58Atualizado há 1 semana
Por: Redação

Um Boletim Unificado gerado no final da noite de ontem (8), na localidade de São Jorge de Tiradentes, Rio Bananal, traz como protagonistas um Soldado da Polícia Militar, um jovem e um adolescente, e a mãe deles. No relatório consta que o militar teria sido ameaçado pelos dois irmãos, mas a mãe deles afirmou que sequer arma os filhos possuem, e que um deles possui problemas psicológicos. Ela também fez outra declaração. Vejamos:

De acordo com o Boletim, por volta das 21h, militares a bordo da viatura 4090, foram ao local após instruções que chegaram da central, e conversaram com o Soldado que encontrava-se de folga. Este disse  que cerca de meia hora antes, ao voltar da academia, de bicicleta, avistou dois indivíduos a pé, e que um deles  foi até o portão da sua casa e sacou uma “arma fina”.

Leu? Bandidos rendem motorista e roubam Prisma em Linhares

O Soldado disse que deu voz de prisão, mas que os indivíduos saíram correndo, sendo seguidos por ele. Ainda de acordo com o relatório policial, o indivíduo que portava a arma a teria apontado em direção ao Soldado, que por sua vez efetuou quatro disparos da arma de sua cautela. Os disparos não atingiram os indivíduos, que correram.

Posteriormente, diz o Boletim Unificado, o operador da Central, em Linhares, fez novo contato com a guarnição e disse que a mãe dos dois indivíduos entrou em contato via 190 e informou que seus filhos voltavam para casa quando foram alvos dos disparos de arma de fogo por parte do policial, mas que nenhum deles saiu ferido.

A mulher acrescentou que os filhos disseram o nome do policial como sendo o autor dos disparos. Ela também afirmou que tanto o jovem quando o adolescente são usuários de maconha, mas que não possuem arma de fogo. Disse, ainda, que um dos indivíduos possui problemas psicológicos.  

As partes, cita o relatório, foram conduzidas até a delegacia para a sequência dos fatos.

10comentários
500 caracteres restantes.
Seu nome
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
VEJA TAMBÉM
Ele1 - Criar site de notícias