Quinta, 04 de Março de 2021
27 99808-4347
Polícia Muito revoltante

133 doses da Coronavac estragam em Rio Bananal. Recado foi deixado no medidor de energia. Vídeo:

A vacina seria aplicada na segunda fase da imunização dos profissionais da saúde local.

18/02/2021 09h15 Atualizada há 2 semanas
Por: Redação
133 doses da Coronavac estragam em Rio Bananal. Recado foi deixado no medidor de energia. Vídeo:

Um total de 133 doses da Coronavac, que fariam a segunda parte da imunização dos profissionais da saúde do município de Rio Bananal contra a Covid-19, não serve mais para nada. Conforme informações da assessoria de imprensa da Prefeitura ribanense,  as doses se estragaram após alguém desligar o medidor de saúde do posto onde estava a geladeira com as vacinas.

Leia também: Duas mortes comovem Linhares: Mulher deu entrada no HGL e menino de 3 anos no Hospital Rio Doce e ainda – Jardim Laguna: Vacinas se perdem na Unidade de Saúde por conta de ato de vandalismo

De acordo com a Prefeitura, a geladeira possui uma bateria que permite o funcionamento por 48 horas após algum imprevisto que acarrete a falta de energia elétrica, o que significa que o ato de vandalismo ocorreu há pelo menos quase dois dias.

E o bandido ainda escreveu “Coronavírus” no relógio que desligou. Câmera de um estabelecimento comercial que fica em frente ao posto terá as imagens analisadas e divulgadas para que a pessoa sofra as consequências mediante a justiça. Além de doses da vacina contra a Covid-19, também se estragaram de outros imunizantes paralelos à pandemia. Denúncias podem ser feitas via 190 ou 181, anonimamente. Confira vídeo abaixo:

 

Atualização – Além do total de doses da vacina contra a Covid-19 citado acima, o ato de vandalismo também resultou na inutilização de 53 testes de Covid-19, cujos kits serão devolvidos ao laboratório. Veja abaixo foto dos testes que se perderam:

Também foram perdidos testes do pezinho, exame rápido em que gotinhas de sangue do calcanhar do bebê são coletadas e tem como diagnosticar até 50 doenças. A assessoria de imprensa da Prefeitura disse que as Polícia Militar e Civil foram comunicadas antes das 6h, e que a coordenadora de imunização foi à delegacia registrar boletim sobre o crime. Veja abaixo:

10 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias