Segunda, 18 de Outubro de 2021
27 99808-4347
Polícia Bº Canivete, de novo

Confusão, tiros e detidos no Canivete durante aglomeração na madrugada de domingo de carnaval

Um revólver foi apreendido. Um homem foi parar no HGL, e um casal e outro homem na delegacia.

15/02/2021 11h13
Por: Redação
Confusão, tiros e detidos no Canivete durante aglomeração na madrugada de domingo de carnaval

Início da madrugada de domingo (14) de carnaval, e policiais militares a bordo da viatura 3737 receberam inúmeras denúncias anônimas dando conta de que pessoas faziam algazarras e o pior: efetuando disparos de arma de fogo em via pública na localidade de Vila Maria, bairro Canivete.

Leia também – Tiro e apreensão de submetralhadora no Canivete e ainda: PM e Bombeiros fecham comércio no Pontal do Ipiranga no fim de semana de carnaval da pandemia. Vídeo

Continua depois da publicidade

A guarnição foi até a Rua Maria dos Santos Souza, em frente a um restaurante, e cita o relatório que os PMs ouviram vários disparos de arma de fogo e viram um aglomerado de pessoas que tentaram correr quando perceberam a presença policial, mas foram abordados.

Diz o relatório que algumas dessas pessoas desobedeceram ordem policial, um deles é um rapaz de 26 anos, sendo necessário o uso moderado da força, gás de pimenta. O jovem foi algemado, e um homem de 31 anos, irmão dele, conforme o boletim, chegou ao local, desobedeceu ordem de não se aproximar da abordagem policial e ainda fez ameaças aos policiais.

Continua depois da publicidade

Cita o boletim que as palavras foram as seguintes: "Vocês me pagarão. Isso não ficará assim". Ele também foi algemado e ainda conforme o relato policial, durante toda a ação, uma jovem de 20 anos, esposa do jovem de 26,  também desobedeceu as ordens e atrapalhou o trabalho. Ela foi alertada várias vezes sem êxito, diz o boletim, e também acabou levada para a delegacia.

E a confusão não parou por aí: Um homem de 37 anos também desacatou a guarnição, e o relatório destaca que ele reagiu à voz de prisão, sendo necessário imobilização e uso de algemas para contê-lo. Após algemação, o homem informou ser hipertenso, começou a se sentir mal, e foi conduzido no banco de trás da viatura ao Hospital Geral de Linhares (HGL). Ele permaneceu consciente aguardando o atendimento.

Arma apreendida - Devido a aglomeração e resistência de algumas pessoas, foi necessário pedir apoio a outras viaturas, e teve até tiro de escopeta com munição de borracha, não tendo ferido ninguém.

Continua depois da publicidade

E a ocorrência não terminou: É que quando a PM chegou ao local, um indivíduo correu no meio do mato e foi informado por algumas pessoas, que seria o autor dos disparos de arma de fogo. Também foi informado que ele teria dispensado numa casa em construção a arma que portava.

Foi realizada busca e encontrado um revólver calibre 38 com, com seis munições, todas deflagradas. Nenhum dos conduzidos assumiu ser dono da arma ou autor dos disparos.

Continua depois da publicidade
10 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias