Segunda, 18 de Outubro de 2021
27 99808-4347
Polícia Teve aglomeração

Vídeo: PM e Bombeiros fecham comércio no Pontal do Ipiranga no carnaval da pandemia

Teve muita aglomeração e quem insistiu, foi notificado.

15/02/2021 08h19 Atualizada há 8 meses
Por: Redação
Vídeo: PM e Bombeiros fecham comércio no Pontal do Ipiranga no carnaval da pandemia

Muita aglomeração nas ruas, praça, areia e em estabelecimentos comerciais no balneário de Pontal do Ipiranga. As cenas mostraram que a população ignora a pandemia do novo coronavírus. 39 pessoas já morreram de Covid-19 no Pontal desde que o coronavírus chegou.

“O negócio tá feio aqui no Pontal”. A consideração vem de um comerciante da chamada Primeira Avenida, uma das mais movimentadas no balneário, sobre a ação da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros para fazer valer determinações que impedem o funcionamento de comércios a fim de evitar aglomerações.

Continua depois da publicidade

Leu? Pontal : Festança de carnaval muda de nome e acontece normalmente mesmo após embargo

No sábado (13) A Polícia Militar juntamente com os profissionais do Corpo de Bombeiros fechou tudo entre 22h e 23h. “Eu mantive fechado (o estabelecimento) e teve os que fecharam e os que resistiram e insistiram em ficar abertos, mas foram notificados pelo Corpo de Bombeiros”, contou o comerciante.

Continua depois da publicidade

E a mesma cena se repetiu neste domingo (14): “E com muita gente por aqui, aconteceu tudo de novo na noite de ontem (domingo). Passou a Polícia Militar mandando fechar, e depois, como não fecharam, veio o Corpo de Bombeiro notificando”, acrescentou o comerciante.

Ele acrescentou que um cliente de uma lanchonete notificada ficou indignado com a situação. “Ele falou que era palhaçada e a polícia ouviu. Foi chamado reforço e acabou nesse tumulto aí do vídeo”, concluiu o comerciante. Vamos conferir o vídeo?

Continua depois da publicidade
18 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias