Quarta, 02 de Dezembro de 2020
27 99808-4347
Polícia No Juparanã

Sombra: Apreensão de droga e arma no Juparanã: Mãe é detida e filho escapa

Foi neste sábado (21).

21/11/2020 20h05
Por: Redação
Sombra: Apreensão de droga e arma no Juparanã: Mãe é detida e filho escapa

Uma ação da Polícia Militar neste sábado (21) na chamada Invasão do Juparanã, mais precisamente no Beco 1, resultou na apreensão de 29 buchas de maconha embaladas para comercialização, um revólver calibre 32, seis munições do mesmo calibre, sendo duas picotadas e quatro intactas; uma balança de precisão, diversas sacolinhas usadas para embalo de droga, e uma quantia de R$ 376, 00 em notas miúdas. Uma mulher de 62 anos foi detida, e o filho dela, que apontado como atuante no tráfico de drogas na localidade, conseguiu escapar.

Leu? Vídeo: Muitas viaturas e um conduzido do bairro Aviso à delegacia de Linhares

A operação ocorreu após o policial conhecido como Sombra (sim, ele voltou) e seu novo colega de equipe, ambos a bordo da viatura 4089 da Primeira Companhia, receberem denúncia de que parte do movimento de tráfico de drogas no Juparanã estaria sendo comandado pelo filho da senhora detida.

O denunciado também estaria recrutando menores de idade para a correria comandada por ele. Nas diligências, a mulher foi abordada, assumiu a propriedade da arma apreendida, e admitiu que o filho comercializa entorpecentes.

Leia também:Mariana pedia socorro via 190 quando foi morta dentro de veículo perseguido no Guaxe

O denunciado, por sua vez, apareceu no beco quando a mãe dele era conduzida para a viatura, mas ao perceber a presença da guarnição, empreendeu fuga pelos quintais e becos e sumiu em uma matinha denominada de “Mata do Colina”.

Mas como na Invasão também mora gente de bem, chegou aos militares o local onde o denunciado guarda parte de suas drogas. E em um quintal abandonado perto de sua casa foi encontrado as buchas de maconha embaladas para comercialização, e a balança de precisão. O restante do material apreendido estava na casa onde mãe e filho moram. O caso segue junto à Polícia Civil.

14 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias