Quarta, 27 de Outubro de 2021
27 99808-4347
Polícia Recuperou!

Veículo roubado de mototaxista foi vendido e parcelado

Moto foi recuperada no final da tarde desta terça, algumas horas após apelo no Eu Vi em Linhares.

27/10/2020 22h28 Atualizada há 12 meses
Por: Redação
Veículo roubado de mototaxista foi vendido e parcelado

Foi recuperada no final da tarde desta terça-feira (27) a moto Yamaha Fazer 150 de cor branca e placa OYD 5781, tomada em assalto no dia 3 do mês em curso, de um mototaxista que atendeu uma corrida do Centro para o bairro Aviso. O roubo foi anunciado próximo ao Sesi. O apelo feito pela vítima na manhã também desta terça no Site Eu Vi em Linhares, comoveu os leitores quando ele explicou que tem filhos pequenos e precisa da moto para trabalhar.

O relatório policial cita que o veículo estava estacionado próximo à Igreja Matriz, e que quem a pilotava informou que estava com o suposto dono e que ambos foram ao centro para apanhar um veículo que estava em uma oficina.

Continua depois da publicidade

O homem disse que não sabia que a moto era roubada, dano a entender que estava fazendo um favor para o suposto dono. Este, por sua vez, compareceu ao local e informou que comprou a moto de um homem chamado Claudio.

O veículo que na verdade pertence ao mototaxista, foi repassado por uma quantia R$ 4,5 mil para começar a pagar as parcelas a partir do dia 05 de novembro próximo, cada uma no valor de R$ 500,00.

Continua depois da publicidade

A guarnição fez a checagem dos nomes dos envolvidos no sistema, e não havia restrições referentes a mandado de prisão em aberto. O homem que pararia as parcelas da moto afirmou que desconhecia que se tratava de um veículo roubado.

O verdadeiro dono, finalmente subiu no seu veículo e o conduziu até a delegacia por meios próprios, para as devidas providências junto a Policia Civil.

9 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias