Quarta, 20 de Outubro de 2021
27 99808-4347
Polícia Medo de morrer

Taxista pula de veículo em movimento após ser obrigado a dirigir para bandidos em Linhares

Um bandido usava camisa do Flamengo, e portava arma de fogo. Comparsa dele estava com uma faca.

04/08/2020 10h15 Atualizada há 1 ano
Por: Redação
Taxista pula de veículo em movimento após ser obrigado a dirigir para bandidos em Linhares

Um taxista de 33 anos que mora em Sooretama passou por maus momentos nas mãos de assaltantes na noite desta segunda-feira (3), em Linhares. Com medo de morrer após receber ordens dos bandidos para “rodar” com eles, a vítima resolveu pular do carro em movimento. A ocorrência foi atendida no bairro Santa Cruz.

De acordo com as informações passadas pela vítima para a Polícia Militar, a mesma atendeu dois passageiros no bairro Salvador, em Sooretama, para uma viagem até Linhares. No bairro Movelar, em uma via atrás de um shopping, foi anunciado o assalto.

Continua depois da publicidade

Leu? Homem é cercado por assaltantes, reage e leva tiro no rosto em Linhares. Bandidos roubaram mais de R$ 1 mil 

Um dos bandidos que é moreno e trajava camisa do Flamengo e calça jeans, portava arma de fogo; já o outro falso passageiro é branco, trajava camisa branca e portava uma faca. Assim que anunciaram o roubo,  os bandidos ordenaram ao taxista que “rodasse” com eles.

Continua depois da publicidade

Os assaltantes disseram à vítima que  queriam “apenas” roubar uma moto, e após isto tudo terminaria, e liberariam o motorista. Após passar pelo bairro Planalto,  e quando dirigia sentido a um conhecido canavial, a vítima pulou do veículo em movimento, e correu até chegar à portaria de uma empresa.

O veículo roubado foi encontrado abandonado no meio de uma estrada. A vítima teve o celular levado pelos marginais, e sofreu escoriações pelo corpo na queda ao pular do carro em movimento. Os bandidos não foram encontrados.

7 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias