Sexta, 10 de Julho de 2020
27 99808-4347
Polícia Revoltante

Linharense cai no golpe do aplicativo, fica sem carro e ainda recebe ameaças

Carro foi levado para Cariacica. Vítima contou detalhes ao pedir ajuda.

24/05/2020 10h17 Atualizada há 2 meses
Por: Redação
Linharense cai no golpe do aplicativo, fica sem carro e ainda recebe ameaças

Um pedido de ajuda para ter de volta o seu bem material, um Celta 2009/2009 prata e placa KYW-1410, do Rio de Janeiro, que foi anunciado nos classificados virtuais e em um aplicativo de vendas, pelo valor de R$ 7,5 mil. O carro, conquistado com muita luta, agora está nas mãos de marginais, que ainda passaram a ameaçar o dono.

O carro, que não está em nome da vítima, despertou interesse e o primeiro contato telefônico foi de um rapaz. “Depois ele passou pra uma mulher. Ofereceram uma moto 160 preta, do aro dourado, e mais 2 mil Reais. Ele me mandou a foto do documento da moto. Depois de mais ou menos 3 semanas da postagem, entrou em contato por ligação”, contou a vítima.

Continua depois da publicidade

A vítima, acreditando na boa fé e convicta de que estava negociando com gente idônea, saiu de Linhares com o veículo para se encontrar com suposto comprador, pegar o dinheiro e voltar de moto. O encontro foi em Cariacica. “Ele é magro e aparenta ter uns 24 a 25 anos. Me esperou em frente à Coca Cola de Cariacica. Chegando lá ele disse que era para eu ir pro banco do carona, para ele testar o carro, e me levou até um lugar estranho, parecendo uma favela, e nisso, chegando lá, ele mandou eu descer do carro porque lá era "mandado", isso na linguagem dele, e falou para eu ir atrás do carro devagar”, contou a vítima.

Foi então que a vítima entendeu tudo: “Ele acelerou o carro é sumiu, e ficou mandando mensagem que já estava voltando, mas depois mandou outra mensagem, que era para eu vazar porque a polícia tinha pego o carro e a moto. Como não devo nada para ninguém, e já ciente que ele era mesmo um bandido, caminhei até a pista onde encontrei a polícia e dei toda a informação. Foram atrás dele, e pegaram o meu contato, caso recuperassem o meu carro. Chamei um táxi que me levou até o pedágio, na Serra, onde meu pai estava me esperando para me levar para casa”, contou o leitor.

Como não foi feito o registro do crime na Grande Vitória, a vítima disse à nossa Redação que foi até a delegacia de Linhares, e pede que as pessoas compartilhem essa notícia. “O perfil que ele usou na rede social para aplicar o golpe é falso, tudo é falso. Eu ainda o procurei e ele disse em mensagem que queria mil e quinhentos Reais em troca do carro que estava no desmanche, e passou a me ofender e a me ameaçar”, disse o leitor, que disponibilizou os contatos 27 99733-7835 e 99959-7422. Avisem também a polícia, no 181.

15 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias