Cenas de cinema

Fuga desesperada interrompida por acidente, no Interlagos

Motociclista teria gritado: Não volto pra cadeia!

14/05/2020 07h51Atualizado há 2 semanas
Por: Redação

Teve cenas de cinema na noite desta quarta-feira (13) em Linhares. Ao avistar uma moto preta, Twister placa MQO-9B46, com um ocupante em atitude suspeita pelas ruas do bairro Interlagos, a equipe do Grupo de Abordagem da 2ª Companhia do 12º Batalhão, conhecida por “Sombras”, acionou as sirenes da viatura 4452, e os militares determinaram que o piloto encostasse a motocicleta para a abordagem. O indivíduo, de acordo com relatório policial, desobedeceu.

Foi então iniciada uma perseguição e solicitado apoio para a realização de um bloqueio sendo então posicionado a 4453 no contorno da pracinha do Interlagos I. O motociclista furou o bloqueio e a perseguição continuou pelas ruas do Interlagos.

O relatório disse que ele acabou abordado nas proximidades de sua casa,  na Rua Felipe Camarão, onde o indivíduo colidiu com sua motocicleta em uma cerca caindo na calçada. Ele sofreu escoriações nos braços na altura dos cotovelos, mas levantou-se rapidamente e outra vez desobedeceu a voz de abordagem.

Diz o relatório que o condutor da moto resistiu a prisão com socos e empurrões, gritando por diversas vezes que não voltaria para cadeia, sendo então necessário o uso da força moderada com técnicas de imobilização (uma Gravata) para conter a agressividade do rapaz.

Ele foi identificado como Fabrício Coelho Borges dos Santos, 21 anos, segundo o relatório, já conhecido da guarnição dos Sombras, por envolvimento no tráfico de cocaína. O rapaz foi algemado e foi necessário um grupo de quatro militares para  colocá-lo no compartimento de segurança da viatura, diz o relatório.

Ainda conforme relatado, uma mulher, parente do indivíduo, teria ofendido a guarnição e afirmou ser a ação  “uma injustiça”, chamando os policiais de “desgraça”, e dizendo que eles estavam batendo no rapaz e que seriam processados por isto.

Muitas pessoas se aglomeraram no local da abordagem, e  o familiar do abordado entrou para sua casa, e a viatura deixou o local da abordagem e foram refazer o caminho da fuga. É que, segundo o relatório, pois durante a fuga desesperada, o indivíduo teria dispensado um objeto.

E na Avenida Vasco Fernandes Coutinho, próximo próximo a um quebra molas, no canteiro da via, a guarnição encontrou uma sacola amarrada contendo, 24 papelotes de cocaína. O relatório cita que a guarnição não soube precisar se o  material de fato é do abordado, e o caso segue junto à Polícia Civil.

11comentários
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários