Quarta, 28 de Outubro de 2020
27 99808-4347
Polícia Furtou e se deu mal

Sombra e Sombrinha recuperam produtos furtados e levam 3 indivíduos para a delegacia

Ação começou no Shell e foi concluída no Aviso, PC de Linhares investiga.

31/03/2020 07h46 Atualizada há 7 meses
Por: Redação
Sombra e Sombrinha recuperam produtos furtados e levam 3 indivíduos para a delegacia

Uma cena presenciada por policiais militares a bordo da viatura 4030, do Grupo de Abordagem Tática (GAT) da 2ª Companhia do 12º Batalhão, resultou na recuperação de diversos produtos de furto em dois estabelecimentos em Linhares, um  às margens da BR-101 e outro no bairro Interlagos, o do bairro Interlagos é uma creche. Três indivíduos foram conduzidos à 16ª Delegacia Regional de Linhares (DRL). O Boletim cita que os conduzidos são Venâncio da Vitória Glaudêncio, de 20 anos;  Ana Paula Santos de Souza, 27; e Walber Ferrari, 25 anos. Os dois primeiros teriam envolvimento com tráfico de drogas e teriam receptado parte dos produtos furtados, e o terceiro seria autor dos arrombamentos seguidos de furto.

A ação teve início quando os PMs conhecidos como Sombra e Sombrinha viram, no bairro Shell, segundo o Boletim, um   Indivíduo conduzindo um carinho de mão cheio de eletro eletrônicos, isso, altas horas da noite. Era Walber, que demonstrou nervosismo e confuso para esclarecer a origem do material.

Leu? Violência explode durante a noite no Residencial Rio Doce

Ele teria admitido que furtou tudo nos dois estabelecimentos. Nas diligências, os PMs descobriram que parte do material foi permutada por crack em bocas de fumo, no bairro Aviso, é outra parte negociado em dinheiro em um bar, também no Aviso.

Foi em um dos locais que o casal foi abordado, e uma arma de fogo e parte do material furtado foi encontrada.  A arma, uma garrucha calibre 22, teria sido encontrada no telhado. Os militares recolheram todos os materiais eletro eletrônicos  que não possuíam notas fiscais, é que, segundo o boletim,  a própria Ana Paula teria afirmado ter comprado por pequeno preço de terceiros.

O caso segue junto a Polícia Civil. A defesa das partes tem espaço aberto caso queiram se manifestar: 27 99808-4347.

3 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias