Quarta, 12 de Maio de 2021
27 99808-4347
Geral Casinhas do Aviso

Não sou candidato, apenas quero ajudar as crianças, e peço apoio para isso, diz voluntário

Ele listou o que precisa para manter um projeto criado há 3 meses em Linhares.

16/01/2020 16h56
Por: Redação
Não sou candidato, apenas quero ajudar as crianças, e peço apoio para isso, diz voluntário

A declaração acima é do animador infantil Flávio Tintori, o Tio Flávio, que há cerca de três meses mantém um projeto social para ajudar a ocupar o tempo ocioso de crianças e adolescente no Residencial Rio Doce, bairro Aviso. Por falta de espaço físico, tudo acontece a céu aberto.

Mas a falta de espaço adequado não é o único obstáculo enfrentado por Flávio: No projeto, crianças e adolescentes recebem gratuitamente oficinas de teatro musical, e para que as crianças não fiquem no sol, essas oficinas acontecem após as 18h, sempre às terças, quartas e quintas-feiras. “Se chove, temos que suspender tudo”, comentou.

Continua depois da publicidade

Continuando a falar sobre o que precisa, além de um lugar adequado, Flávio, que denominou o projeto de "Criança em Cena", lista: “Precisamos de cadeiras ou bancos para as crianças e seus pais sentarem,  pois muitos pais vêm junto com os filhos, sentam no chão, sobre os chinelos; E, precisamos urgentemente de sonorização. Tudo é feito no gogó mesmo, e isso dificulta e deixa rouco”, completa o voluntário.

E as necessidades, na maioria simples, não param por aí. Hoje 30 crianças, que foram divididas em dois grupo com idades de 04 à 07 anos e 08 à 12 anos, são atendidas. Às vezes, Flávio consegue lanche ou doces e tudo vira uma festa. Pedimos, então, que Tio Flávio especificasse o que realmente precisa, e deixasse um endereço para a entrega das doações e telefone de contato:

Continua depois da publicidade

Materiais necessários: Papel ofício para as cópias do texto (às cópias estão sendo feitas manuscrita, porque não há recursos para gastos com gráfica e o projeto não tem impressora); Balas, pirulitos e doces (Para que entregar como incentivo aos participantes; Fantasias, de todos os temas, idades e tamanhos, além de pulseiras, fantoches, bolas, bonecos, bambolês, braceletes, tiaras, chapéus, sandálias, sapatos e chinelos, produtos de maquiagem para compor os personagens etc.; Uma caixa de som com bateria, para ensaio das canções (Pois o local não tem onde ligar equipamentos que necessitam de energia elétrica); Cadeiras e mesas para a realização e confecção de alguns recursos, e também para que os atendidos possam sentar; Livros de histórias. Abaixo, dados para a entrega das doações:

Todo material doado deve ser entregue na Avenida José Cussuol, Quadra 17, n° 276, Residencial Rio Doce, (Próximo a construção do Centro de Educação Infantil. Telefones para contato: (27) 99803-2605 - WhatsApp / ligações (28) 99881-8356. E antes de concluir, Flávio chorou:

“O projeto nasceu no meu coração, quando eu visitava a casa da minha mãe que mora no residencial Rio Doce, e vi a necessidade de lazer para que as crianças pudessem brincar com segurança, e também para ocupar o tempo ocioso quando estivessem fora da escola. Nesse período de férias, por exemplo, tudo se agravou”.

Continua depois da publicidade

“Comecei a caminhar pela comunidade, e a conhecer a realidade de perto, e percebi que na verdade o que aquelas famílias precisam é de alguma coisa além de um lazer para às crianças e decidi que precisava pelo menos tentar fazer alguma coisa por eles."

“Esbarro em um obstáculo quando peço ajuda, que é a atitude de pessoas que acharem que procuro promoção por objetivos políticos. Mas esclareço que não tenho a menor pretensão política, que não sou pré candidato a nada, que apenas quero ajudar uma comunidade que tanto precisa. Por isto, aqui estou, Quem puder ajudar, por favor, leiam acima o que o projeto precisa, e tragam no endereço divulgado ou entre em contato que iremos buscar”, concluiu Flávio.

Continua depois da publicidade
16 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias