Conselho Tutelar

Votos em branco superam os válidos em Linhares. Abstenções surpreendem

Confira detalhes dos números.

08/10/2019 07h39Atualizado há 6 dias
Por: Redação
9.455

Com 31.836 votos válidos, o município de Linhares elegeu, domingo (6), os novos conselheiros tutelares para atuarem nas duas unidades do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA). (Lista dos eleitos no último parágrafo). Os votos que também poderiam ser contabilizados, caso os eleitores exercessem seu dever de cidadania, surpreendem em sua totalidade.

De acordo com o resultado assinado por uma Promotora de Justiça, foram 75.160 votos apurados, sendo 31.836 votos válidos, 38.611 nulos e 4.313 nulos. E quando o assunto são as abstenções (recusa voluntária), o número surpreende: 104.773.

E o pleito mostrou a confiança da população para com os atuais conselheiros e conselheiras: Dos 10 que atuarão nos próximos 4 anos, apenas dois não foram reeleitos. Abaixo a lista e se é ou não reeleito. A posse será no dia 10 de janeiro de 2020 para um mandato de quatro anos. Os conselheiros atuam na proteção dos direitos da criança e do adolescente:

Rony Preato Pião (reeleito)

Paulo Francisco Soares (reeleito)

Wanderleia de Andrade Correia (eleita)

Igor (eleito)

Aguinaldo Bernardo (reeleito)

Carlos Augusto Calmon Nascimento (reeleito)

Lucivânia Vicência da Silva Suave (reeleita)

Maria Letícia Dutra Brandão (reeleita)

Ilda Maria Reydio (reeleita)

Welber de Souza Reis (reeleito). Foto: PML

2comentários
500 caracteres restantes.
Seu nome
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias