Terça, 15 de Junho de 2021
27 99808-4347
Polícia São José/Linhares V

Maconha e dinheiro na cueca: Coroa e Barrabás são abordados no São José

Foi após denúncia recebida pela equipe do Sombra.

06/08/2019 06h54 Atualizada há 2 anos
Por: Redação
Maconha e dinheiro na cueca: Coroa e Barrabás são abordados no São José

A equipe do policial militar conhecido como Sombra abordou e levou para a delegacia dois indivíduos, no bairro São José, e apreendeu drogas no desfecho da ocorrência que se estendeu ao bairro vizinho, o Linhares V. Os conduzidos são conhecidos como "Coroa", identificado como Marcio da Costa Vieira, de 30 anos; e Barrabás, identificado como Celiomar Delfino Couto, de 42 anos. Tudo está relatado no Boletim Unificado 40059695.

Leia também - Soldado da Polícia Militar tem arma apreendida e acaba na delegacia após ocorrido em boate no Centro de Linhares

Continua depois da publicidade

O relatório diz que na abordagem seguida de de revista pessoal, os policiais militares encontraram dentro da cueca de Coroa aproximadamente 80 gramas de maconha e o valor de R$ 977,00 em notas miúdas. A dupla foi denunciada, e nas informações recebidas foi informado que os dois estavam a bordo de uma moto Bros de cor preta, recolhendo dinheiro do tráfico e fazendo entrega de drogas nos bairros São José, Linhares V, Movelar e adjacências. A abordagem, no bairro São José, se deu na Rua João Bonicenha, e de lá se estendeu ao Linhares V, onde foi encontrada na casa de Coroa, onde foi apreendida uma bucha de maconha e duas munições.

Foi também checado, como de praxe, os nomes dos abordados junto ao sistema, e o Boletim Unificado cita que foi encontrado um Mandado de Prisão em desfavor de Celiomar Delfino Couto, o Barrabás, relativo ao artigo 121 (homicídio ou homicídio tentado). Ainda existe um destaque no relatório: Na casa de Coroa havia vestígio de que no local existia droga, e que teria sido levada dali.

Continua depois da publicidade

Asma
A caminho da 16ª Delegacia Regional de Linhares (DRL), Coroa declarou ter problemas de Asma e que estaria sentindo fortes dores na região do abdômen, sendo, então, o percurso da viatura desviado para o bairro Araçá, no Hospital Geral de Linhares (HGL), onde o mesmo foi atendido pelo médico plantonista que o examinou e  medicou, e posteriormente foi encaminhado para um Cirurgião, profissional que também o examinou e solicitou diversos exames e posteriormente o liberou. O resultado? Segundo o Boletim Unificado, o médico deu uma declaração verbal afirmando que o paciente não apresentava nenhuma patologia clínica.

Só então Coroa foi levado para a delegacia, onde todo material apreendido apreendido também foi entregue à Polícia Civil.

2 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias