Terça, 25 de Janeiro de 2022
27 99808-4347
Polícia Os detalhes oficiais

Encontradas 10 perfurações no corpo de Adeilson, e cena de guerra na casa dele, no Res. Rio Doce

Cena encontrada pela perícia, antes foi vista pelo pai da vítima ao encontrar o filho morto em uma área, perto do imóvel.

01/12/2021 09h29 Atualizada há 2 meses
Por: Redação
Encontradas 10 perfurações no corpo de Adeilson, e cena de guerra na casa dele, no Res. Rio Doce

Três viaturas da Polícia Militar, uma do Corpo de Bombeiros e duas do serviço de perícia da Polícia Civil, além de muita gente aglomerada em um terreno baldio perto de uma casa, no Residencial Rio Doce, bairro Aviso, formaram a cena de muita violência com mais uma vítima de homicídio em Linhares. De acordo com relatório policial, trata-se de um homem de 28 anos, identificado como Adeilson do Nascimento Gomes, e no corpo dele a perícia encontrou 10 perfurações provocadas por disparos de arma de fogo. Vamos a mais detalhes:

Clique aqui e siga o Eu Vi em Linhares no Instagram

Continua depois da publicidade

Antes das equipes da Polícia Militar, Civil e Corpo de Bombeiros chegarem, um homem de 50 anos, pai da vítima, viveu a mais triste experiência de um genitor: Ao conversar com os policiais militares, ele relatou que chegou ao residencial e encontrou o filho morto, e que encontrou o corpo no meio de um terreno baldio. Em seguida o homem foi até residência, que ficava a poucos metros do corpo, para avisar sua nora sobre o fato, e encontrou a casa toda coberta de sangue.

Dia 30 de novembro em Linhares: Encontras 10 perfurações no corpo de Adeilson, e cena de guerra na casa dele, no Res. Rio Doce

Continua depois da publicidade

O homem explicou que não sabia o que aconteceu e nem quem seria os agressores do seu filho. O relatório acrescenta que as equipes da perícia realizaram os trabalhos onde foi encontrado o corpo e também na residência onde se originou o fato, e constataram que a vítima sofreu 10 perfurações de arma de fogo, sendo duas no tórax, duas na mão esquerda, uma no braço esquerdo, duas na axila esquerda, uma na cabeça, uma no queixo e outra de raspão atrás do pescoço.

Já a multidão aglomerada em volta do corpo, nada disse sobre o crime e fez valer a chamada lei do silêncio. Mas o povo não precisa temer, pois pode denunciar anonimamente que matou Adeilson do Nascimento Gomes. Basta ligar para o 181, para que o crime seja elucidado e s envolvidos presos.

12 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias