Quarta, 25 de Maio de 2022
27 99808-4347
Polícia Violência Linhares

Morre 1 dos baleados no Jocafe. O outro levou “fogo amigo” e estado é grave

Um dos atiradores se escondeu em uma árvore e depois sumiu.

28/09/2021 06h58 Atualizada há 8 meses
Por: Redação
Morre 1 dos baleados no Jocafe. O outro levou “fogo amigo” e estado é grave

Veio a óbito no Hospital Geral de Linhares (HGL) um dos indivíduos baleados na noite desta segunda-feira (27) dentro de um bar que funciona na Rua Gildo Gava, no Residencial Jocafe 1, bairro Santa Cruz. Eliseu Aquino Andrade, de 40 anos, é a vítima que foi socorrida por populares, e ele foi ferido por disparos três disparos no tórax, um no queixo e um no lado direito da pelve. Conforme manchetamos logo após o crime, o delito aconteceu nas primeiras horas da noite. Vamos aos detalhes.

Clique aqui e siga o Eu Vi em Linhares no Instagram

Continua depois da publicidade

Assim que foi avisado do ocorrido, a Polícia Militar enviou guarnições para o local e souberam que Eliseu havia sido alvejado por armas de fogo manuseadas por dois homens, dentro do bar e que já havia sido socorrido por populares.

Notícia relacionada - Clima tenso no Jocafe 1: dois baleados, um foi socorrido em estado gravíssimo

Continua depois da publicidade

As equipes foram informadas ainda, que havia outro homem ferido, na Rua Jacinto Araújo, que fica atrás do bar que sediou o fato.  Ali as equipes encontraram L.F.O.S., de 28 anos. Ele foi socorrido pelo e levado para o Hospital Rio Doce, onde deu entrada ferido por um disparo na região da costela. Ele seria levado para o Centro Cirúrgico e depois para o CTI.

Revólver e “fogo amigo” – Foram encontradas no local onde Eliseu foi baleado, duas capsulas deflagradas calibre 32, dois estilhaços de munição aparentemente de calibre 38, e no estabelecimento foi encontrado no chão, um revólver calibre 38 com seis capsulas deflagradas.

Leia também - Mandados: Taissim e Zói são procurados pela PC. Motivo são homicídios e tráfico de drogas

Continua depois da publicidade

Havia muita gente aglomerada no local, e em meio à multidão foi informado que o jovem levado pelo Samu para o Hospital Rio Doce teria levado um disparo de “fogo amigo”, e o atirador que matou Eliseu teria tentado socorrer o rapaz, mas ao perceber que as pessoas estavam se aglomerando, se escondeu em uma árvore e fugiu do local quando as guarnições estavam realizando buscas na região.

Ele estava com outro comparsa que também não foi localizado. Ainda não se sabe a motivação do crime, e você pode ajudar através de denúncias junto ao 181 ou 190, sem a necessidade de se identificar.

Continua depois da publicidade
9 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias