Sexta, 24 de Setembro de 2021
27 99808-4347
Meio Ambiente Maldade humana

De novo: Árvores são envenenadas nos canteiros da BR-101 em Linhares

Em abril do ano passado, 20 delas foram envenenadas, e o crime foi denunciado pelo próprio prefeito.

10/09/2021 16h14 Atualizada há 2 semanas
Por: Redação
De novo: Árvores são envenenadas nos canteiros da BR-101 em Linhares

No mês em que comemoramos o Dia da Árvore (21 de setembro), um leitor indignado com um ocorrido em Linhares, nos enviou fotos e pede que “todos compartilhem o absurdo que acontece com as árvores nos canteiros da BR-101”. E a situação, conforme considera o leitor, “dói o coração da gente”. Confira os detalhes abaixo:

Clique aqui e siga o Eu Vi em Linhares no Instagram

Continua depois da publicidade

“É inadmissível que façam isso. Tem que haver punição. Observo que é algo estranho e que acontece há alguns meses. As árvores estão secando, e tem umas marcas no tronco que suspeitamos ser envenenamento.  Queria que o site entrasse em contato com os órgãos responsáveis para saber e, se preciso, investigar o que está acontecendo. E flagrar quem pode estar fazendo isso”. Pede o leitor.

E nós entramos em contato com o setor de fiscalização ambiental da Prefeitura de Linhares, no telefone (27) 3372 2067, e a resposta é que teríamos que registrar o ocorrido online para gerar demanda. Também procuramos o setor de comunicação da Prefeitura, que pediu para oficializarmos a demanda via e-mail.

Continua depois da publicidade

A resposta da demanda foi: “A secretaria municipal de Meio Ambiente informa que enviará uma equipe de fiscalização ao local. A pasta reforça que os casos também podem ser denunciados de forma online no site da Prefeitura de Linhares, cujos possíveis arquivos com fotos ou vídeos dos flagrantes podem ser anexados pelos denunciantes, ou pelo telefone 27 3372 2067.”

Em 2020 - Em abril de 2020 o Eu Vi em Linhares manchetou sobre o envenenamento de oitis ao longo do canteiro central que divide as pistas da Rodovia BR-101 da Avenida Samuel Batista Cruz, na altura do bairro Três Barras, perímetro urbano de Linhares.

Na ocasião, o próprio prefeito, Guerino Luiz Zanon, expôs o crime ambiental na rede social, e disse que o envenenamento à época teve como alvo 20 árvores da espécie oiti que tiveram que ser extraídas. “Nossas equipes acompanham o caso e a Polícia Ambiental Militar do ES foi acionada. Pedimos mais uma vez que a população denuncie crimes como este pelo telefone (27) 3372 2067, ou entrem em contato com a Guarda Civil Municipal, no 153”, disse o prefeito na ocasião.

Continua depois da publicidade

Na mesma ocasião, o Site Eu Vi em Linhares ouviu o Delegado Fabrício Lucindo Lima, e ele citou a Lei Federal nº 9.605 , de 12 de fevereiro de 1998: é crime “destruir, danificar, lesar ou maltratar, por qualquer modo ou meio, plantas de ornamentação de logradouros públicos ou em propriedade privada alheia”. Ele explicou que “as penas previstas variam de uma simples multa até a detenção de três meses a um ano”. O delegado disse que considera o local como “um cartão postal de Linhares".

13 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias