Sexta, 24 de Setembro de 2021
27 99808-4347
Polícia Mais detalhes

Executores de Dudu e Vinícius estavam encapuzados e gritaram que eram da polícia

Um dos disparos fatais atingiu a região genital de um dos jovens mortos. Uma pessoa um terceiro rapaz conseguiu escapar.

23/08/2021 19h23
Por: Redação
Executores de Dudu e Vinícius estavam encapuzados e gritaram que eram da polícia

Pelos quatro cantos de Linhares, sobretudo no bairro Interlagos 1 e 2, o assunto são as três pessoas assassinadas e as duas baleadas que se recuperam em um hospital da cidade. Os crimes aconteceram nesta segunda-feira (23), um óbito e um ferido pouco antes das 2h da madrugada, e dois óbitos e um ferido por voltas das 14h. Na segunda ocorrência os atiradores estavam encapuzados e gritaram que eram policiais.

Clique aqui e siga o Eu Vi em Linhares no Instagram

Continua depois da publicidade

De acordo com o relatório policial, o duplo homicídio e o homicídio tentado tiveram como cenário o local de trabalho de umas das vítimas fatais, o Dudu do Corte, onde Paulo Eduardo Alves Meira, 20 anos, o Dudu, atendia o cliente dele, Vinícius Tomaz de Almeida, 28 anos. A barbearia fica na Rua Antônio Fernandes Almeida, e outro rapaz, de 22 anos, estava no local acompanhando Vinicius.

Muitos tiros – um total de 38 capsulas de calibre 9mm e 380 foi encontrado em meio ao sangue que tomou conta do banheiro e na parte da barbearia onde estavam os corpos. Dudu, conforme consta no relatório, foi alvejado por três disparos na cabeça e um na região genital. Já Vinícius foi atingido por muitos disparos.

Continua depois da publicidade

A perícia constatou oito perfurações de entrada nas costas, uma na perna esquerda, e quatro de saída no tórax, além de diversas perfurações na região da cabeça do cliente de Dudu. No hospital onde foi atendido o rapaz que conseguiu escapar, a polícia constatou que o jovem estava sem risco de vida e ferido em ambas as pernas.

O sobrevivente informou que dois indivíduos encapuzados com duas pistolas entraram na barbearia gritando que eram policiais e começaram a alvejar Vinicius. Em desespero, ele e Paulo Eduardo, o Dudu, correram para o banheiro, e Dudu não resistiu. O rapaz disse que não conseguiu identificar nenhum dos atiradores e nem viu em qual meio de transporte ambos estavam.

Denúncias podem ser feitas no 181, anonimamente.

Continua depois da publicidade
16 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias