Terça, 15 de Junho de 2021
27 99808-4347
Polícia Causou acidente

Causador de tragédia em Linhares faz aniversário no dia de transferência para a PRL

Sob efeito de álcool e inabilitado, ele conduzia o Golf que colidiu em um Celta: Uma mulher morreu quando seguia para almoço do Dia das Mães.

10/05/2021 07h19
Por: Redação
Causador de tragédia em Linhares faz aniversário no dia de transferência para a PRL

Penitenciária Regional de Linhares (PRL). Este será por algum tempo o endereço do jovem Hélio Santos Aguiar, 25 anos, condutor do Golf de placas JRD-7E20, veículo causador de um acidente que envolveu um Celta ocupado por uma família composta por quatro pessoa, cuja matriarca morreu no local. De acordo com informações da PRF, o acidente aconteceu na altura do km 144 da BR-101. Preso, Hélio, conforme nos informou uma fonte, fraturou duas costelas e após atendimento médico, foi conduzido à delegacia de Linhares. Ele completa 25 anos nesta segunda (10).

Notícia relacionada - Tragédia em Linhares: Família seguia para almoço do Dia das Mães

Continua depois da publicidade

Em contato com o delegado de plantão, Eudson Ferreira Bento, este informou que o conduzido foi enquadrado no homicídio culposa no trânsito, com aumento de pena, pois estava bêbado e sem carteira (CNH, Carteira Nacional de Habilitação), além de ter se evadido do local do acidente. A transferência da DRL para a PRL seria nesta segunda-feira (10), coincidentemente o dia do aniversário Hélio.

Nós buscamos por mais informações, e elas apontaram que o rapaz estaria em uma festa e teria ido levar uma colega em casa. O acidente aconteceu quando ele estaria voltando para a festa, cujo local nossa fonte preferiu não informar.

Continua depois da publicidade

A outra informação é que ele foi ouvido na presença de um advogado, mas não falou nada oficialmente, ou seja, não confirmou o que informamos acima sobre de onde vinha ou ia na hora do fato, e nem sua versão sobre a dinâmica do acidente. Ele disse que só fala em Juízo, usando o Direito Constitucional de permanecer em silêncio. O teste do bafômetro deu 0,67.

As vítimas: Silvane Maria Faquim Belúcio Simon, a mulher que faleceu, estava no banco do carona, ao lado do marido que conduzia o Celta, o caminhoneiro José Magno Nogueira Simon, 42 anos, e as duas filhas, uma jovem de 20 e uma menina de 11 anos, estavam no banco traseiro. Na hora do acidente a família seguia para um almoço a fim de comemorar o dia das mães.

A PRF informou que as três vítimas foram socorridas em estado grave. “O GM/Celta seguia sentido decrescente, tendo o VW/Golf colidido em sua traseira. O condutor do VW/Golf é inabilitado e dirigia sob influência de álcool”, diz o relatório. “O condutor do V1 (Golf) fugiu do local do acidente. Quando a equipe da PRF chegou no local foi informada que o condutor do V1 estava escondido na casa de festa (O nome será omitido)”.

Continua depois da publicidade

 

“A equipe prosseguiu até local e encontrou o indivíduo. Em consulta ao Sistema Serpro foi identificado que o condutor do V1 era inabilitado para condução de veículo automotor. Foi realizado teste do etilômetro que verificou que ele estava embriagado com resultado positivo para a presença de álcool. Após o envolvido ser submetido a exame de alcoolemia, constatou-se o teor de 0.67 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões, sendo considerado, conforme a Portaria n.º 006/2002/INMETRO, o valor de 0.61 mg/L. A equipe PRF foi apoiada pela equipe da ECO 101, Corpo de bombeiros (CBM), Polícia Militar, Polícia Civil (Perícia e Rabecão).”, completa o relatório da PRF. Veja abaixo o vídeo do local do acidente, quando o socorro não havia chegado:

Continua depois da publicidade

15 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias