Terça, 13 de Abril de 2021
27 99808-4347
Saúde Mais denúncia

HGL: Não consegui entrar, de tantos corpos acumulados, diz dono de funerária sobre necrotério

Tive que fazer tudo no pátio mesmo, e a família viu do buraquinho do portão, contou.

29/03/2021 21h54
Por: Redação
HGL: Não consegui entrar, de tantos corpos acumulados, diz dono de funerária sobre necrotério

Assim que a notícia sobre a grande quantidade de óbitos por Covid-19 durante o fim de semana foi divulgada no Site Eu Vi em Linhares, com a denúncia de que no necrotério do Hospital Geral de Linhares (HGL) corpos de quem não venceu a Covid-19 dividem o mesmo espaço com corpos de vítimas de outros tipos de morte, donos de funerárias no município e outras cidades entraram em contato com a nossa redação, e outros servidores também fizeram o mesmo. A situação é alarmante, e cabe pedido de urgência para ser resolvida.

Leia também - 13 óbitos por Covid-19 no fim de semana em Linhares, 11 deles no HGL. Setor funerário faz grave denúncia: Corpos de vítimas da Covid-19 dividem, por horas, mesmo espaço das vítimas de outros tipos óbitos.

Continua depois da publicidade

Um dos profissionais do setor funerário que nossa procurou foi Divaldo Boone (Fotos abaixo da entrevista e antes da nota da Prefeitura), da Funerária Pittol, com sede no município de Vila Valério. Ele trabalha junto com a esposa, Patrícia (foto acima), e por volta das 9h desta segunda-feira (29) o casal buscou o corpo de um paciente que não venceu a Covid-19, e que havia falecido na noite anterior. Confira o que Divaldo, nos informou:

Quantos corpos, além do que a sua funerária buscou, haviam no necrotério do HGL?

Continua depois da publicidade

Eu vi 1 enrolado em um lençol, e 7 no plástico. O do lençol, com certeza era de morte natural, e os demais, de Covid.

Quantas pedras para acomodar corpos existem no necrotério do HGL?

Duas. E a situação que vi hoje, nunca vi antes nestes 14 anos que sou dono de funerária. Não consegui entrar com a urna (caixão) nem se a colocasse em pé.

Continua depois da publicidade

Mas, como estavam os corpos? Todos nas duas pedras?

Estavam nas pedras, nas macas, não tinha espaço para entrar, pois o espaço é pequeno para tantos corpos. Eu fiquei completamente indignado.

Continua depois da publicidade

E o que o senhor fez? Havia alguém do hospital para dar orientação?

Uma pessoa que trabalha lá, me disse que eu poderia pegar o corpo na maca, levar a maca para o pátio, e colocar o corpo na urna ali. O constrangedor é que a família do morto estava olhando do buraquinho do portão.

E o que resolveria a situação, no seu entender?

Precisam providenciar, e com urgência, um espaço para os corpos de pacientes com Covid, e outro para os que não morreram de Covid. Quando agentes funerários buscam corpos de pessoas que não morreram de Covid, usam proteção que usavam antes da pandemia. O que aconteceu hoje de manhã no HGL, repito, nunca vi. E se estão aumentando as mortes, o município precisa aumentar o espaço e separar os pacientes.

O que diz a Prefeitura, que administra o HGH - Em nota, quando buscamos uma resposta da Prefeitura na manhã desta segunda-feira (29), o município disse: “A Secretaria Municipal de Saúde informa que há um necrotério no Hospital Geral de Linhares, e que o manejo de corpos das vítimas de Covid-19 é realizado conforme preconiza o protocolo do Ministério da Saúde.”.

E acrescentou: “Todo o processo é executado por profissionais capacitados, munidos de equipamentos de proteção individual (EPIs). Informa ainda que o deslocamento de corpos é realizado por acesso específico para que não haja contato com os demais pacientes e acompanhantes na unidade hospitalar. Reforça que os sepultamentos são realizados por coveiros treinados, que seguem irrestritamente as recomendações de segurança dispostas no Manual de Manejo de Corpos do Ministério da Saúde”.

22 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias