Domingo, 18 de Abril de 2021
27 99808-4347
Polícia Dois corpos

Delegado fala detalhes sobre ocorrência de mortes por tiros no Lagrimal

Dois corpos foram recolhidos pelo Rabecão.

26/02/2021 08h51 Atualizada há 2 meses
Por: Redação
Delegado fala detalhes sobre ocorrência de mortes por tiros no Lagrimal

O delegado Fabrício Lucindo Lima, chefe da 16ª Delegacia Regional de Linhares (DRL), detalhou na manhã desta sexta-feira (26) os fatos sobre as mortes na localidade de Lagrimal, no município de Rio Bananal.

Ele disse que dois indivíduos roubaram uma motocicleta de duas mulheres, usando armas de fogo. Esse roubo foi onde o Site Eu Vi em Linhares informou, na Fazenda Agrobor, em Sooretama.

Continua depois da publicidade

Após o referido roubo, segundo o delegado, os dois bandidos se juntaram a outro, com outra motocicleta, e seguiram em fuga para Rio Bananal. “A polícia militar iniciou as buscas pelos criminosos, e estes passaram por Patrimônio da Lagoa e seguiram viagem até Lagrimal, onde pararam as motocicletas”, disse o delegado.

Outro roubo – O delegado disse que dois rapazes, pessoas de bem, trafegaram em outra motocicleta, pelo local em direção a Rio Bananal e avistaram o trio. “Um dos três bandidos acenou com a mão pedindo ajuda. Quando os dois pararam a motocicleta, o trio anunciou o roubo e exigiu a motocicleta dos dois rapazes”, relatou Fabrício.

Continua depois da publicidade

Reação – E foi neste momento que começaram os disparos de arma de fogo. “Nesta confusão, um dos três bandidos foi alvejado e caiu morto na estrada. Uma das vítimas correu para uma plantação de pimenta, e se escondeu, com um disparo no pulso, outro de raspão no abdômen e outro na perna. O outro colega correu, também alvejado, para uma plantação de café”, relatou o chefe da DRL.

E o delegado prosseguiu: “Passado algum tempo, a vítima que estava na pimenta, saiu do esconderijo e começou a procurar seu colega. Logo encontrou um dos bandidos, morto na estrada, alvejado por tiro do amigo. E então começou a procurar por seu amigo no meio do cafezal. Encontrou a vítima ainda viva, mas sem conseguir andar”.

O rapaz, então, deixou uma camisa para o amigo tampar o ferimento e disse que iria buscar ajuda. “Ele saiu pela estrada e encontrou ajuda em um bar. Foi levado para o DPM de Rio Bananal e depois para o hospital. A PM retornou para o local, encontrou um corpo na estrada, fez buscas e não encontrou o outro rapaz que estaria alvejado no meio do cafezal. No dia seguinte, o corpo do segundo rapaz é encontrado no cafezal. A perícia e o rabecão foram novamente chamados, e os policiais civis foram para o local. A vítima sobrevivente foi conduzida para delegacia e conta toda essa história”, concluiu o delegado.

Continua depois da publicidade

O indivíduo que prestou os esclarecimentos na delegacia, preliminarmente, é tido como vítima dos marginais. O espaço está aberto, caso a família queira se manifestar: 27 99808-4347.

4 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias