Terça, 11 de Maio de 2021
27 99808-4347
Meio Ambiente Pedido de socorro

Pedimos socorro até ao Presidente Jair Bolsonaro, diz leitor sobre plataforma no mar de Urussuquara

Ele afirma que trata-se de um recife artificial que serve de habitat para muitas espécies marinhas.

03/02/2021 12h29 Atualizada há 3 meses
Por: Redação
Pedimos socorro até ao Presidente Jair Bolsonaro, diz leitor sobre plataforma no mar de Urussuquara

Pescadores de Barra Seca e Barra Nova, respectivamente em Linhares e São Mateus, além de adeptos da pesca esportiva, buscam socorro até mesmo ao Presidente Jair Messias Bolsonaro para que a estrutura da plataforma marítima de Barra Seca permaneça no local ou que seja afundada ali.

Leu? Fundação Renova: Advogados explicam como se dá o novo sistema simplificado de indenização. Militantes nesta área, eles desfizeram as dúvidas sobre o assunto

Continua depois da publicidade

O porta-voz dos reivindicadores é o leitor Diego Vargem. “Trata - se de um recife artificial que serve de habitat para muitas espécies marinhas como, por exemplo, os grandes meros que estão ameaçados de extinção. Segundo presidente da associação de pescadores o custo dessa remoção estaria na faixa de R$ 300 milhões, um valor desnecessário a ser gasto num momento desse de crise, sendo que poderia investir em vários outros setores como Educação e Saúde”, disse ele.

Diego Vargem acrescentou que na verdade é um pedido de socorro, e que a plataforma é um atrativo turístico e principalmente um refúgio e habitat da vida marinha.

Continua depois da publicidade

“Sou uma das dezenas de pessoas que é contra a retirada da plataforma que está localizada no mar de Urussuquara, em São Mateus, a mais de 40 anos. Em 2010 suas atividades foram desativadas e a Petrobrás fez a retirada de máquinas e equipamentos, ficando somente as jaquetas e conveses das plataformas de cação”, detalha o leitor.

E ele continua a explicação: “São essas partes da plataforma que oferecem refúgio para várias espécies de peixes e outras variedades de vida marinha, e é por esse motivo que buscamos socorro até mesmo ao Presidente Jair Bolsonaro, para que a estrutura permaneça no local ou que seja afundada”, concluiu.

No domingo (31) pela manhã, os envolvidos na reivindicação participaram de um manifesto pacifico e ordeiro, em prol da permanência da plataforma marítima no local. As comunidades pedem a intervenção de autoridades políticas do Estado, para que a reivindicação seja atendida. Veja o vídeo e ouça o que um dos manifestantes disse:

Continua depois da publicidade

19 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias