Sábado, 28 de Maio de 2022
27 99808-4347
Polícia Cena triste

Filho agride mãe a socos, peita a PM com revólver e foge em Povoação

Teve até disparos de pistola.

08/01/2021 13h05 Atualizada há 1 ano
Por: Redação
Filho agride mãe a socos, peita a PM com revólver e foge em Povoação

Uma mulher de 39 anos foi agredida a socos, desferidos pelo próprio filho dela, e quando a Polícia Militar chegou teve até disparos de pistola no decorrer da ocorrência registrada em plena luz do dia nesta quinta-feira (7), em Povoação, litoral de Linhares.

Leia também - Tentativa de furto, tiros e um baleado no bairro São José

Continua depois da publicidade

Populares acionaram a PM e informaram que em uma residência estava ocorrendo uma briga, onde um rapaz estaria agredindo a própria mãe, e que este rapaz estava armado com revólver. A guarnição a bordo da viatura 3735 se aproximou e os militares viram quando um indivíduo de bermuda clara e sem camisa estava no meio da rua junto com uma senhora.

Quando ele percebeu a viatura chegando, segundo o relatório entrou rapidamente para dentro de casa, e o imóvel foi cercado. Um Soldado viu o indivíduo nos fundos da casa arrumando um jeito para se evadir.

Continua depois da publicidade

Tiros – Os policiais deram voz de abordagem e neste momento, conforme diz o relatório, o indivíduo teria feito menção de disparar a arma de fogo que tinha em mãos. Um Soldado reagiu com quatro disparos de pistola.

Neste momento o rapaz dispensou um revólver calibre 32 com uma munição intacta e uma deflagrada. Em seguida ele saiu em desespero, pulando muros e desapareceu em uma área de mata fechada.

A mulher informou que o filho tem 17 anos, e que havia chegado em casa nervoso e a agrediu com socos e arranhões, causando-lhe pequenas escoriações na região do pescoço. Também explicou que adolescente é usuário de drogas e que não tem interesse em prosseguir com a representação contra ele.

Continua depois da publicidade

A arma de fogo foi recolhida, e nada mais de ilícito foi encontrado na casa. Foram realizadas buscas na área da fuga, mas o indivíduo não foi encontrado. O revólver e as munições foram entregues na 16ª Delegacia Regional de Linhares.

Terminada a ação dos militares, a comunidade agradeceu e acredita que se a viatura não chegasse logo, o pior poderia ter acontecido.

Continua depois da publicidade
3 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias