Sábado, 24 de Julho de 2021
27 99808-4347
Polícia Sonata abordado

Desfecho: Fiança alta, fuga frustrada, e identificação dos presos flagrados com armas pela PRF em Linhares

Nós conversamos com a defesa dos investigados. Dois pagaram fiança.

24/12/2020 21h02 Atualizada há 7 meses
Por: Redação
Desfecho: Fiança alta, fuga frustrada, e identificação dos presos flagrados com armas pela PRF em Linhares

O delegado Gleydson de Almeida Marques, que atendeu a Polícia Rodoviária Federal sobre a prisão de cinco jovens, entre eles um advogado, flagrados em um veículo Hyundai Sonata com armas e munições na noite de quarta-feira (23) estipulou fiança de R$ 20 mil para cada um dos conduzidos, e conforme as falas dos investigados ao serem ouvidos no plantão na 16ª Delegacia Regional de Linhares (DRL), na presença de advogados, nenhum declarou ter condições para pagar. Somados, os valores dão R$ 100 mil.

Leia também - Ocupante de Sonata é conhecido do Pó do Shell, e estava com mandado em aberto

Continua depois da publicidade

Assim como o delegado agiu minuciosamente para oficializar e comunicar o flagrante a seis setores, entre eles as seccionais da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) no ES e Linhares, a defesa dos indiciados deu verdadeira aula de direito, e na noite desta quinta-feira (24) havia conseguido reduzir a fiança de R$ 20 para R$ 2 mil referente a dois dos investigados, e assim que o valor fosse pago no plantão de São Mateus, eles seriam liberados.

Os abordados – O Site Eu Vi em Linhares teve acesso ao flagrante delito, e os indiciados (14 da Lei 10.826/03) são o advogado Luiz Pedro Moraes Filho, de 24 anos; Derlyson Valandro Silva Costa, 24 anos; Elenilson Ramos Brito, 22 anos; Ramon Corrêa Damasceno, 24 anos; e Wanderson Corrêa dos Santos, 26 anos, o Wandinho. Este estava com mandado de prisão preventiva em aberto por crime de homicídio qualificado.

Continua depois da publicidade

A abordagem – O Hyundai Sonata estava sendo conduzido por Derlyson, e os policiais rodoviários federais, ao serem ouvidos na delegacia, disseram que notaram um volume na cintura de Luiz Pedro. Era um revólver calibre 38 com seis munições.

Outro revólver com seis munições foi encontrado na cintura de Derlyson, e outro na cintura de Elenilson, que também portava seis munições e estava com R$ 531,00. Já na cintura de Ramon, foi encontrada uma pistola. Wandinho não estava armado.

Fuga e recaptura de Wandinho – Os policiais rodoviários federais estavam na ocorrência, e os abordados no interior do posto que fica às margens da rodovia BR-101, quando Wandinho conseguiu se desvencilhar das algemas que estavam para trás, colocando-as para a frente e fugiu para uma mata.

Continua depois da publicidade

Os policiais correram atrás dele, mas o investigado conseguiu escapar. A equipe levou os demais à delegacia e começaram ronda para encontra-lo. Wandinho foi visto na altura do km 151, e desta vez não conseguiu se dar bem na fuga. Ele foi levado para a delegacia onde estavam os outros ocupantes do Sonata.

A defesa – Vida de advogado não é mole, e quando conversamos com um dos que atuam na defesa dos conduzidos, ele disse que estava praticamente na delegacia desde que solicitado para a defesa dos clientes, quando eles foram entregues pela PRF. Vinícius Gonçalves Carvalho, o advogado que nos atendeu, acompanhou os depoimentos dos investigados juntamente com Petrius Abud Belmok.

Continua depois da publicidade

Luiz Pedro e Derlyson, conforme explicou a defesa, têm bons antecedentes, residência fixa, e a liberação se deu ainda por conta da primariedade (não tinham passagem pela justiça).

O também advogado e membros da Comissão Estadual de Prerrogativas da OAB ES, José de Mendonça Júnior, o Júnior Mendonça, acompanhou o caso desde as 22h da noite do ocorrido, resguardando as prerrogativas do advogado Luiz Pedro.

Sobre Elenilson, Ramon, e Wanderson, o Wandinho, o Juiz de Direito plantonista, Paulo Sarmento de Oliveira Júnior, converteu a prisão em flagrante em Prisão preventiva.

O espaço está aberto à defesa dos investigados, caso esta ainda queira acrescentar alguma informação: 27 99808-4347.

33 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias