Quarta, 27 de Janeiro de 2021
27 99808-4347
Polícia Mais detalhes

Urgente: Mulher atropelou e ainda desceu do carro e bateu na cabeça de Rodrigo, diz testemunha

Caso é tratado como homicídio qualificado. Agora temos todos os detalhes:

28/11/2020 01h58 Atualizada há 2 meses
Por: Redação
Urgente: Mulher atropelou e ainda desceu do carro e bateu na cabeça de Rodrigo, diz testemunha

Os detalhes contatos por uma testemunha ocular do atropelamento que matou um homem no bairro Movelar na noite desta sexta-feira (27) mostram que a motorista do veículo atropelador teria agido intencionalmente. A testemunha afirma, inclusive, que tentou ajudar a vítima, Rodrigo Bernabé Buffon, de 46 anos, quando ele agonizava sob o carro, tentando levantar o veículo com um macaco. Confira abaixo os detalhes nesta segunda manchete sobre o fato que abalou amigos e parentes da vítima:

O relatório policial cita que ao chegar em frente à Escola Maria Souza Matias e constatar o atropelamento, populares disseram que o ato foi intencional. O veículo atropelador é um Fiat Uno, conduzido por Vanessa da Silva Ribeiro Buffon, de 26 anos. Ela precisou de atendimento médico e foi levada pelo Corpo de Bombeiros para o Hospital Geral de Linhares (HGL), de onde uma guarnição a bordo da viatura 4454 a conduziu à 16ª Delegacia Regional de Linhares (DRL).

Notícia relacionada - Morte de Rodrigo Bernabé Buffon. Advogados de Vanessa emitem nota

A testemunha citada acima, um homem de 31 anos, relatou à polícia que viu a autora e a vítima discutindo, e que Rodrigo saiu andando. Em seguida Vanessa entrou no carro e assumiu a condução do veículo partindo em direção ao marido, passando com o carro por cima dele. Segundo a testemunha, a motorista ainda deu ré sobre a vítima.

A testemunha ainda disse que Vanessa teria descido do veículo proferindo tapas na cabeça de Rodrigo, que estava agonizando preso sob o Fiat Uno. Conforme explicou, a testemunha informou ter tentado ajudar a vítima, colocando um macaco na tentativa desesperada de levantar o veículo, sem êxito.

A Polícia Militar informou que o veículo utilizado no crime foi removido pelo guincho até a delegacia. O delegado plantonista Eudson Ferreira Bento, disse ao Site Eu Vi Em Linhares que fez o flagrante da conduzida, e que trata-se de homicídio qualificado. "Será encaminhada ao presídio feminino de Colatina", disse o delegado. Se condenada, a mulher poderá pegar de 12 a 30 anos de prisão. 

Nós não conseguimos contato com a defesa da motorista, que tem espaço aberto caso queira se manifestar: 27 99808-4347.

27 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias