Quarta, 27 de Janeiro de 2021
27 99808-4347
Polícia Vai para a PRL

Da DRL para a PRL: Pensei que tivesse matado, diz homem que espetou gato com vergalhão em Linhares

Delegado conta o que o investigado explicou.

26/11/2020 12h01 Atualizada há 2 meses
Por: Redação
Da DRL para a PRL: Pensei que tivesse matado, diz homem que espetou gato com vergalhão em Linhares

Um servidor público municipal que prestou depoimento para se explicar sobre a atitude contra um gato, espetado com vergalhões, após ser capturado em uma armadilha, no quintal de uma casa de dois andares no bairro Jardim Laguna, em Linhares, contou à Polícia Civil a motivação para a cruel atitude, e pediu para gravar um vídeo para publicar nas redes sociais, justificando que não é bandido e nem criminoso.

O Mandado de Prisão Preventiva foi cumprido na manhã desta quinta-feira (26), conforme já informamos, e pelo crime, a pena prevista é de 2 a 5 anos. O homem seria encaminhado para a Penitenciária Regional de Linhares (PRL) nesta tarde. Ele pediu e o delegado consentiu a gravação de um vídeo, onde ele explicaria o que aguçou à atitude.

Mas no depoimento, de acordo com informações do delegado Tiago Cavalcante, o homem falou que sofre de depressão, problemas psiquiátricos, e que agiu por raiva: “Ele disse que o gato sujava a casa dele com urina e fezes, e que não torturou o animal, e que ao furá-lo, pensou que tivesse matado”, explicou o delegado.

O homem quer gravar o vídeo porque, ainda segundo o delegado, passou a receber ameaças do Brasil inteiro, e quer explicar que não é bandido. O crime revoltou e repercutiu no País.

46 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias