Sexta, 04 de Dezembro de 2020
27 99808-4347
Política Muitos votos

Sgto Romanha: Mais votos do que 12 eleitos, mas não ocupará cadeira na Câmara de Linhares

Militar lamenta regra que define eleição.

17/11/2020 19h36 Atualizada há 2 semanas
Por: Redação
Sgto Romanha: Mais votos do que 12 eleitos, mas não ocupará cadeira na Câmara de Linhares

O sistema proporcional de eleição, no qual nem sempre um candidato bem votado é eleito, foi cruel com Carlos Roberto Romanha, o Sargento Romanha. Estreante na disputa para uma vaga na Câmara Municipal de Linhares, ele conseguiu 1199 votos, e deixou para trás nomes bastante conhecidos no cenário. Romanha teve mais votos do que 12 dos 17 eleitos, mas não conseguiu atingir o objetivo.

Leia também - Me sinto um desconhecido e sem valor, diz França ao falar sobre os 38 votos obtidos

Ele disse que as ligações, as mensagens recebidas no celular, não tiveram como ser atendidas por inteiro, tamanha a demanda. Contudo, pretende dar atenção uma a uma, “mesmo que leve uns dias”.

Foi impossível não falar sobre a quantidade de voto, e mesmo assim não ter sido eleito: “Particularmente NÃO aceito esse modelo de política. Essa regra para definir quais candidatos serão eleitos por uma disputa por cargos proporcionais, acaba prejudicando o candidato em si, pois nem sempre quem foi escolhido pelo povo "voto" se elege, e sim o partido que atingir o quociente eleitoral”.

E Romanha continuou: “na maioria das vezes o eleitor vota no candidato e não no partido. E esse foi o meu caso, onde com 1199 votos, não fui eleito, e fui vencido por 12 candidatos com menos votos do que eu. Teve eleito que obteve menos de 700 votos e foi eleito, mas são as regras né?”.

O Sargento votou na Escola Cid Adalberto dos Reis, no bairro Juparanã. E ele explicou: “Foi maravilhosa essa quantidade expressiva de votos, apesar de ter participado do pleito em apenas 12 candidatos no PSL, pois antes das convenções, não sei por quais motivos, 13 candidatos desistiram de estar conosco e foram para outros partidos”.

Ele também falou sobre outro obstáculo que enfrentou de cabeça erguida: “Logo em seguida sofri uma tentativa de impugnação de minha candidatura, e quase por 12 dias isso me consumiu tanto físico quanto mentalmente, e me prejudicou, desestimulou alguns eleitores a votar em mim, mas graças a Deus a justiça foi feita, onde foi entendido que não havia irregularidade em minha campanha”.

Para Romanha, “a luta continua” e ele adiantou que o alvo são melhorias e prevenções nas questões básicas de saúde e principalmente nas áreas periféricas de vulnerabilidade social. E ainda, levar Linhares aos olhos do público externo, “pois temos um grande potencial turístico e agropecuário, onde poderá estar atraindo grandes investidores e vindo a gerar empregos e assim fortalecendo ainda mais a economia”.

Ele também falou aos vereadores eleitos: “Que Deus possa abençoá-los, para que possam fazer nossa Linhares retomar o crescimento, e que respeitem cada voto que tiveram e lutem por toda população linharense. Que entrem lá e realizem com sabedoria o verdadeiro papel de um vereador, que é fiscalizar, legislar e cobrar melhorias em prol da população”.

Destacando a frase “Linhares acima de tudo, Deus acima de todos!”, o Sargento Romanha agradeceu: “Primeiramente à Deus, por tudo que tem proporcionado em minha vida, e também a todas as 1199 pessoas que confiaram a mim seu voto, e até aos que não votaram, pois se fosse eleito, não iria legislar apenas para meus eleitores, e  sim, para toda população de nossa linda Linhares. Gratidão eterna a todos“.

23 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias