Quinta, 03 de Dezembro de 2020
27 99808-4347
Polícia Centro de Linhares

PMs são humilhados em Linhares. Conduzido citou sobrenome e que iria à corregedoria

Foi em plena luz do dia, no Centro da cidade.

21/10/2020 10h54 Atualizada há 1 mês
Por: Redação
PMs são humilhados em Linhares. Conduzido citou sobrenome e que iria à corregedoria

Policiais militares de uma guarnição que se deslocou ao Centro de Linhares para atender ocorrência de lesão corporal na chamada rodoviária, foram humilhados através de palavras proferidas por um homem que reclamou do atendimento. Foi por volta das 15h desta terça-feira (20).

O relatório cita que assim que recebeu a solicitação com nome e sobrenome da vítima, a guarnição se deslocou até a rodoviária e lá o homem disse que havia sido agredido por um segurança.

Perguntado as características do agressor, de acordo com o relatório o homem não soube descrever a fisionomia e não sabia nenhuma identificação, apenas que a pessoa se identificou para ele como policial.

Durante o trabalho da guarnição, ainda segundo relatório, o homem, alegou que os PMs não sabiam trabalhar, e que a Polícia Militar presta um desserviço à comunidade, acrescentou que conhecia seus direitos e que o agressor tinha saído e a PM nem para chegar a tempo hábil prestava.

O solicitante, de acordo com relatório,  a todo momento citava o sobrenome da família a qual pertence e que nenhum policialzinho militar sabia quem ele era. Também disse que isso não iria ficar barato e que ele iria até a Corregedoria da PM para denunciar a guarnição.

O relatório diz que os militares foram chamados de babacas e bostas, e diante dos fatos foi dada voz de prisão e em seguida providenciada a condução do indivíduo, algemado, para as devidas providências junto à Polícia Civil.

Mesmo sem termos citado nome, o espaço está aberto ao conduzido caso ele queira se manifestar: 27 99808-4347.

12 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias