Segunda, 28 de Setembro de 2020
27 99808-4347
Geral Morreu de Covid-19

Armando Viola morre de Covid-19 em Linhares

Ele residia no bairro Colina, esposa está desolada e se recupera da doença.

08/09/2020 07h09 Atualizada há 3 semanas
Por: Redação
Armando Viola morre de Covid-19 em Linhares

O ex-prefeito da Cidade de Baixo Guandu, e ex-Deputado Federal por dois mandatos, Armando Batista Viola, faleceu na madrugada desta terça-feira (8), no Hospital Rio Doce. Ele tinha 76 anos e não resistiu às consequências da Covid-19.

Armando, conforme informou o cunhado, o leitor José Augusto Cosme Pereira, morreu às 03h20. Ele começou sentir os sintomas da doença pouco mais de uma semana antes, e a internação se deu na sexta-feira (4).

No dia seguinte ele sentiu desconforto respiratório, e precisou ser transferido para a UTI. Até na segunda, durante o dia, ele estava usando máscara, consciente, mas a situação se complicou durante a noite, e Viola não resistiu e morreu de madrugada.

O cunhado dele contou sobre o medo e as precauções de Armando com relação à doença: “Ele tomava todos os cuidados, uso de máscara, álcool em gel, quarentena, e dizia que era porque se ele pegasse essa doença, certamente não resistiria. E foi assim, muito triste. Ele tinha comorbidades”, relata o leitor. “A minha irmã está no 12º dia, e não precisou ser internada, mas ele sim, e não volta mais para casa”, observou José Augusto, ao falar sobre como está a viúva de Viola, a simpática Ducarmo.

Do cemitério, o corpo de Armando Viola seria levado em breve cortejo até a Avenida Celeste Faé, 175, no Colina, onde ele morava, e dali seguiria para o Cemitério São José. Isto, no início da tarde, logo após familiares dele chegarem de Vitória.

Armando Viola foi a 119ª vítima fatal da Covid-19 em Linhares. a 118ª foi um idoso de 65 anos, que morava no bairro Conceição, e estava internado na UTI Covid do HGL. Assim como Viola, e também tinha comorbidades.

14 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias