Quinta, 24 de Setembro de 2020
27 99808-4347
Polícia Como na Capital

Exclusivo: Traficantes de Linhares ameaçam oponente em beco do Pó do Shell

"Aí onde é que nóis ta, dentro do seu bequim, É só você botá a cara", diz áudio do vídeo (Assim mesmo, com muitos erros de português).

13/08/2020 09h36 Atualizada há 1 mês
Por: Redação
Exclusivo: Traficantes de Linhares ameaçam oponente em beco do Pó do Shell

“Peço que faça com que esse vídeo chegue às autoridades”. O pedido, em nome da comunidade do Pó do Shell, chegou à nossa Redação como forma de apelo, após os moradores lerem no Site Eu Vi em Linhares sobre uma ocorrência da Força Tática em uma barbearia, quando dois jovens foram levados para a delegacia, e armas de fogo e munições foram apreendidas.

No vídeo, onde printamos imagens feitas dentro dos chamados becos, dois indivíduos armados ameaçam um oponente da criminalidade em que vivem. “Aqui está igual lá nos morros de Vitória, e isso já tem algum tempo. Olhe aí eles invadindo os becos pra matar pessoas, essas armas são as que foram apreendidas. Será que esse vídeo ajudaria para eles ficarem mais tempo presos?”, questiona a fonte.

O áudio do vídeo mostra um indivíduo de camiseta clara e bermuda amarela, armado e caminhando em direção ao final do beco, enquanto outro faz a ameaça enquanto exibe a arma de fogo em punho.

As palavras são ditas com muitos erros de português, exceto o apelido da pessoa ameaçada, que por motivos óbvios, não divulgaremos: “Aí onde é que nóis ta, dentro do seu bequim e doidim querendo aplicar em ocê, seu safado. É só você botá a cara...”

O vídeo já está em poder das autoridades. Quanto aos indivíduos  presos pela Força Tática, um pagou fiança de R$ 10 mil e foi solto. O outro não pagou o valor arbitrado, que foi bem maior, e encontra-se preso.

Atualizada às 15h52 – Nossa Redação recebeu duas ligações de um número privamos, e na segunda informamos que não atendemos dentro desse procedimento. Em seguida, uma pessoa do sexo feminino telefonou de um número identificado, disse que é esposa de um indivíduo (não citaremos nome) dando a entender que trata-se de um dos que aparecem armados no vídeo (que já encaminhamos à justiça). A pessoa disse que estava ao lado de um advogado, e quando pedimos para falar com ele, ela disse que ele entraria em contato conosco, nos ofendeu com um nome de baixo calão, e desligou.

Voltamos a entrar em contato, e ela pediu desculpas e disse que as pessoas das ameaças no beco não seriam as mesmas que foram presas na barbearia.

11 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias