Sábado, 19 de Setembro de 2020
27 99808-4347
Polícia Barbearia de fachada

PCs do Denarc prendem dupla que usava barbearia para venda de drogas em Linhares

Esquema funcionava no Juparanã, e tinha até entrega delivery.

10/08/2020 13h48 Atualizada há 1 mês
Por: Redação
PCs do Denarc prendem dupla que usava barbearia para venda de drogas em Linhares

Policiais Civis do Departamento Especializado de Narcóticos (Denarc) da 16ª Delegacia Regional de Linhares (DRL) prenderam nesta segunda-feira (10) dois indivíduos que usavam uma barbearia como fachada para o comércio de drogas no município. “Eles usavam até o método delivery”, disse o delegado Tiago Cavalcante, que fica à frente das atividades do Departamento.

Leu? Adolescente morre afogado na região de Urussuquara

De acordo com o delegado, a equipe do Denarc realizava diversas diligências no bairro Canivete para apuração de crimes de tráfico de drogas, receptação de mercadorias roubadas e posse irregular de arma de fogo, e no início da ação foram à casa de um dos investigados, identificado como Bruno Lacerda Costa, de 23 anos.

O jovem é conhecido como BN e, de acordo com a PC, é investigado pelos crimes citados acima. Abordado,  ele disse que não morava mais ali. Mas a equipe do Denarc descobriu o novo endereço, no bairro Juparanã, onde BN disse que residia há 10 dias, junto com um amigo e a namorada dele.

O amigo é o outro indivíduo preso, José Inácio de Paula Castro, de 19 anos. Segundo o delegado, este possui diversas passagens pela polícia. “Quando viu que a polícia chegou, correu para dentro de casa e jogou uma bolsa atrás da geladeira”, disse o delegado.

Na bolsa continha a droga em destaque. No local, a equipe foi informada que a droga seria de José Inácio, e que este as vende em sua barbearia. Ao averiguar junto ao sistema, a PC constatou que o jovem de 19 anos havia sido preso em março último, e que pagou fiança e foi solto.  O motivo foi porte ilegal de arma de fogo.

Tentativa de fuga - Um destaque chama a atenção na ação da equipe do Denarc nesta segunda-feira (10):  Os dois jovens foram algemados com presilha plástica descartável, e quando José Inácio era levado para a viatura, conseguiu se soltar e e saiu correndo. Contudo, os policiais o alcançaram.

A PC concluiu que a barbearia, que funciona na mesma casa onde os dois foram presos, era de fachada, utilizada no esquema do tráfico. Também concluiu que o comércio de droga se dava no estabelecimento, e que os usuários também recebiam o entorpecente no sistema delivery.

Os dois citados têm espaço aberto caso a defesa queira se pronunciar: 27 99808-4347.

9 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias