Sábado, 24 de Julho de 2021
27 99808-4347
Polícia Moradores revoltados

Adolescente escapa de ser linchado após meninos o acusarem de estupro no Planalto

Foi neste sábado (3)

03/08/2019 21h58 Atualizada há 2 anos
Por: Redação
Adolescente escapa de ser linchado após meninos o acusarem de estupro no Planalto

Um adolescente de 14 anos escapou de ser linchado pela população no bairro Planalto,  em Linhares, no final da manhã deste sábado (3). Uma vizinha disse ao Site Eu Vi em Linhares que o motivo foi a descoberta por parte dos moradores, de que o infrator teria abusado sexualmente de duas crianças no bairro.

A Polícia Militar foi chamada às pressas, e o adolescente escapou de ser linchado. A mulher falou que as vítimas são dois meninos de 08 anos de idade, mas nada disse se existe grau de parentesco entre as partes.

Continua depois da publicidade

O Conselho Tutelar foi chamado e o caso teve sequência no plantão da 16ª Delegacia Regional de Linhares. Os nomes dos envolvidos não podem ser divulgados por se tratar de um caso que envolve crianças. Confira abaixo o que diz o Boletim Unificado:

No Boletim Unificado sobre o caso, a Polícia Militar informa que a mãe do menino de 14 anos foi quem chamou a polícia, e que o filho dela negou qualquer autoria. Contudo, a mãe do menino de oito anos disse que o filho contou que na quarta-feira (31) teria sido ameaçado com uma faca e tentado penetrar o órgão genital no seu ânus. Como não conseguiu, teria, então obrigado o menino a fazer sexo oral nele.

Continua depois da publicidade

Os militares que atenderam a ocorrência relatam no Boletim Unificado que localizaram outra vítima, um menino também de oito anos, e que este disse que foi estuprado, com penetração, pelo adolescente de 14 anos. O ato teria sido na mesma data que a vítima anterior. A segunda vítima afirmou ter presenciado o ato infracional contra a primeira.

O caso ficou a cargo da Polícia Civil.

2 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias