Sábado, 24 de Julho de 2021
27 99808-4347
Polícia Medo nas casinhas

Só apreensão não resolve, diz moradora ao denunciar ação de traficantes no Res. Rio Doce

Até o transporte escolar é prejudicado, disse outra internauta.

03/08/2019 18h36
Por: Redação
Só apreensão não resolve, diz moradora ao denunciar ação de traficantes no Res. Rio Doce

Pistola de Airsoft e carregadores, Rádios de transmissão, munições, Sub metralhadora de fabricação caseira. Tudo apreendido pela Polícia Militar no Residencial Rio Doce,  chamado de “Casinhas do Aviso”, em Linhares.

O local tem sido alvo de reclamações e denúncias feitas à nossa Redação, dando conta de que pessoas de má índole estariam mandando e desmandando na comunidade. Até o transporte escolar tem sido prejudicado por conta dessas situações, conforme informou uma mãe de alunos que estudam em outro bairro.

Continua depois da publicidade

Pedradas e medo
Ela disse que um ônibus foi atacado a pedradas e que agora o motorista tem medo de entrar na comunidade na hora do desembarque, e com isso, as crianças têm que desembarcar em um local bem distante de onde embarcam, e nem sempre os pais podem ir buscá-las. “São mais de 10 alunos que estudam no bairro Interlagos e quando o ônibus chega já está escuro, e o motorista disse que não vai mais entrar para o desembarque, pois corre risco”, relatou.

Falta de segurança
Outra moradora disse que se quem denunciar for descoberto, os bandidos prometem vingança, mas que ela não se intimidou: "Falta de segurança aqui no Residencial Rio Doce. Está muito perigoso, pois bandidos armados á luz do dia, e armados com revólver tipo metralhadora. Tá demais. A Polícia poderia fazer uma ação continuada, pois tem muita gente de bem que mora aqui, que sonhou ter a casa própria, e agora somos obrigados a conviver com isso", disse ela.

Continua depois da publicidade

O tráfico de drogas, segundo a mesma moradora, cada dia fica mais intenso nas chamadas casinhas. "Tem até gente que é obrigada a guardar a droga para eles (traficantes) e sei de gente que foi presa, mas que nada tem a ver com o que encontraram na casa, pois foi obrigada a guardar a droga pra um traficante. Peço mais segurança e que a polícia venha combate o tráfico aqui, porque a situação é muito preocupante", disse.

A mulher explicou que a apreensão das armas e munições que aparecem na foto acima é aplaudida, mas que "a polícia precisa fazer uma ação continuada, para que a situação não se agrave ainda mais". Segundo ela existem duas gangues que disputam o poder no local.

Denúncias
As denúncias e demais situações na comunidade que são feitas junto à nossa Redação, tanto por mensagem de Whatsapp quando via e-mail ou telefone, são encaminhadas ao setor competente.

Continua depois da publicidade

 

8 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias