Terça, 07 de Dezembro de 2021
27 99808-4347
Polícia Dazin

Morte de Dazin: Delegado conclui inquérito e detalha resultado das investigações

Ele foi morto à luz do dia, e em pleno trabalho.

26/03/2019 20h02
Por: Redação
Morte de Dazin: Delegado conclui inquérito e detalha resultado das investigações

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Linhares encerrou a investigação sobre o crime de homicídio que vitimou Dazio de Oliveira, o Dazin, que tinha 52 anos e foi morto a tiros, em 2017.

De acordo com o delegado André Costa, o jovem Wesley Lourenço Gomes, o Negueba, 21 anos, é o autor dos disparos que mataram Dazin. "No dia do crime, ele (Negueba) se dirigiu até o comércio da vítima, e portando uma arma de fogo, atirou e matou enquanto Dazio trabalhava", disse o delegado

Continua depois da publicidade

Segundo o titular da DHPP de Linhares, a investigação concluiu que Dazin, após reagir a uma tentativa de assalto, matou o pai de Negueba, razão pela qual ,anos depois ele atacou o comerciante sem chance de defesa, causando-lhe a morte.

André Costa também informou que contra Wesley Loureço Gomes, que confessou o crime, havia mandado de prisão expedido pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Linhares. "Além disso, Wesley foi preso em flagrante por Porte Ilegal de Arma de Fogo", completou.

Continua depois da publicidade

O crime

Dazim foi assassinado em 23 de dezembro de 2017, quando todos começavam a entrar no clima de festa de fim de ano. Era sábado, início da manhã, e o comerciante estava em sua padaria, na Rua Bahia, bairro Aviso. O atirador matou e fugiu de bicicleta.

O comerciante ainda foi socorrido e levado para o Hospital Geral de Linhares (HGL), onde morreu horas depois.

Continua depois da publicidade

Negueba encontra a disposição da justiça, na Penitenciária Regional de Linhares (PRL).

Continua depois da publicidade
8 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias