Domingo, 12 de Julho de 2020
27 99808-4347
Polícia Andreia

Mãe Andreia: PC pede manutenção de prisão e indicia duas pessoas por falso testemunho

Agora, a decisão é com o juiz que analisar o caso.

25/02/2019 11h38
Por: Redação
Mãe Andreia: PC pede manutenção de prisão e indicia duas pessoas por falso testemunho

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Proteção ao Idoso de Linhares, informou nesta segunda-feira (25),  que concluiu as investigações em face de Andreia Roberta dos Santos Ristich, conhecida como "Mãe Andreia"; e seu marido Leandro Sebastião Ristich.

Leia a primeira manchete sobre o caso clicando aqui

Continua depois da publicidade

A delegada Suzana Garcia informou que foram identificadas mais quatro vítimas que pagaram valores altos à investigada. "Andreia atuava sob o falso argumento de promessas de curas, utilizando de maneira deturpada e desviada o nome da religião Umbanda", disse a delegada.

Em alguns casos, quando as vítimas não dispunham de dinheiro, a delegada disse que Andreia dizia que aceitava como pagamento eletrônicos, como televisão e aparelho celular, sendo que as vítimas chegavam a se endividar em longas parcelas para adquirirem os bens solicitados por Andreia. Após a publicação da primeira manchete sobre o fato, a nossa Redação continuou a receber denúncias e provas sobre esta informação, e tudo foi encaminhado à delegacia competente.

O marido de Andreia, Leandro Sebastião Ristich, também foi indiciado pelo crime de extorsão, disse Suzana, e por participação nos crimes de estelionatos. Também foram indiciadas duas pessoas por falso testemunho em relação a pontos específicos que não afetam as condutas dos investigados.

Prisão mantida

Continua depois da publicidade

A Polícia Civil representou pela manutenção da prisão dos investigados. Os autos do Inquérito Policial foram remetidos ao Ministério Público para análise do Promotor de Justiça.

O juiz vai decidir se mantém as prisões ou aceita argumento da defesa. O Site Eu Vi em Linhares abre espaço, caso a defesa dos investigados queira se manifestar. (27 99808-4347).

Atualizada às 15h18 - Nós fomos procurados pela defesa dos investigados. Eis o que diz a nota: "A defesa informa que o casal está preso injustamente, pois em nenhum momento cometeram nenhum tipo de crime, e a suposta vítima, filho da senhora que alegou ter gastado R$9.000,00 foi preso sexta-feira, em flagrante, por ter mentido e inventado essa história. Andreia não omite que é cartomante em momento algum, e acredita sim na crença dela. Porém, Leandro, seu marido, nunca foi cartomante, pois exerce a função de empresário, onde compra e vende automóveis".

Continua depois da publicidade
7 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias