Domingo, 01 de Agosto de 2021
27 99808-4347
Cultura Festival do Teatro B

Tudo de graça e com ator global: Festival do Teatro Brasileiro traz Paraíba a Linhares

Espetáculos, oficinas e ações de formação prometem movimentar a região na primeira edição do FTB no norte do Espírito Santo.

13/09/2015 23h36
Por: Redação
Tudo de graça e com ator global: Festival do Teatro Brasileiro traz Paraíba a Linhares

Um dos maiores festivais de teatro do Brasil está prestes a desembarcar pela primeira vez em Linhares. Realizado por Ministério da Cultura com patrocínio da Petrobras e co-realização da Prefeitura de Linhares, o Festival do Teatro Brasileiro promoverá espetáculos, oficinas e ações de formação em solo linharense. Em cena, as principais produções teatrais da Paraíba.
Há 16 anos na estrada, o FTB é conhecido por levar artistas e espetáculos de um estado brasileiro a outro, proporcionando um intercâmbio cultural que vai além dos palcos. Em 2015, espetáculos paraibanos viajam pelos estados do Pará, Ceará, Alagoas e Espírito Santo.
Por aqui, o festival começa no dia 21 de setembro com oficina de jogos teatrais aberta ao público com a atriz, diretora e dramaturga Margareth Galvão; e termina no dia 3 de outubro, com a apresentação da peça “Silêncio Total”, estrelada pelo ator global Luiz Carlos Vasconcelos, em plena Praça 22 de Agosto, no Centro. Tudo de graça.
Além da peça “Silêncio Total”, também desembarcam em Linhares “Esparrela”, “Flor de Macambira” e “Terreiro Envergado”. As apresentações acontecerão de 1º a 3 de outubro no palco da Praça 22 de Agosto, no Centro Cultural Nice Avanza.
Oficina teatral aberta ao público
De 21 a 27 de setembro, o Festival do Teatro Brasileiro oferecerá 30 vagas para oficina de jogos teatrais destinada a jovens e adultos de Linhares. O curso é uma ótima oportunidade de conhecer um pouco mais sobre as artes cênicas e estimular o potencial criativo, através de exercícios e jogos teatrais de maneira lúdica e prazerosa.
De 21 a 25 de setembro, a oficina ocorrerá das 18 às 22h. Nos dias 26 e 27, das 9 às 17h. Sempre no Centro Cultural Nice Avanza, Praça 22 de Agosto. As inscrições já estão abertas no site oficial do FTB: www.festivaldoteatrobrasileiro.com.br/es.
Viés pedagógico faz parte da identidade do festival
Um dos principais terrenos do Festival do Teatro Brasileiro são as escolas. A partir do dia 28 de setembro, os arte-educadores do festival visitarão instituições de ensino públicas do município para iniciar as ações de formação características do FTB.
Nelas, o objetivo é ampliar o acesso dos estudantes a espetáculos de teatro, compartilhar códigos de ética do espaço teatral e proporcionar maiores possibilidades de contato com a obra assistida. Por meio das ações, os alunos serão convidados a refletir o teatro antes, durante e depois das apresentações das peças.
Em Linhares, as instituições participantes serão a Escola Municipal de Ensino Fundamental Angelo Recla, em Rio Quartel; a Escola Municipal de Ensino Fundamental e Médio Marília de Rezende Scarton Coutinho, no Interlagos; a Escola Estadual de Ensino Fundamental Professor Manoel Abreu, em Bebedouro; e a Escola Municipal de Ensino Fundamental Prefeito Roberto Calmon, no bairro Aviso.
Nos Centros de Referência de Assistência Social – Cras, de Rio Quartel e Bebedouro, haverá oficina com o ator Thardelly Pereira Lima sobre treinamento técnico voltado à representação do teatro popular entre os dias 24 e 29 de setembro.
Sobre o Festival do Teatro Brasileiro
Na estrada desde 1999, o FTB segue levando o panorama cênico de um estado brasileiro a outro. Em edições anteriores, o festival promoveu a aproximação dos pernambucanos e sergipanos. Levou ao Distrito Federal a cena teatral dos gaúchos, mineiros, baianos e pernambucanos.
Os gaúchos também foram ao encontro dos goianos, assim como cearenses ao de capixabas e mineiros. Os paranaenses receberam os mineiros e se encontraram com os gaúchos e paulistas. E os baianos, que já trocaram com os pernambucanos, maranhenses, acrianos, capixabas e paulistas.
O Festival do Teatro Brasileiro ocupa um espaço na ação de complementação de política de estado. Ele vem sendo considerado um formato renovador para os festivais, pois é construído por quem vai e quem recebe. E por deixar legados e boas lembranças.
Em 16 anos de trajetória, já foram apresentadas as cenas Baiana, Cearense, Pernambucana, Mineira, Gaúcha, Paranaense e do Distrito Federal para 14 estados e DF: São Paulo, Rio de Janeiro, Acre, Minas Gerais, Espírito Santo, Paraná, Rio Grande do Sul, Bahia, Sergipe, Ceará, Maranhão, Pernambuco, Mato Grosso do Sul e Goiás.
O FTB já realizou 631 apresentações de 179 espetáculos selecionados, com público superior a 245 mil espectadores. Um total de 44.900 crianças e jovens da rede pública de ensino participou gratuitamente dos programas educativos promovidos; cerca de 2.090 pessoas frequentaram as oficinas e ao longo das dezesseis edições do projeto foram gerados mais de 2.350 empregos temporários.
No Espírito Santo
A primeira vez do Festival do Teatro Brasileiro no Espírito Santo foi em 2010, quando a cena cearense foi apresentada em Vitória, Vila Velha e Serra. Naquele ano, junto à edição mineira do festival, o FTB teve público superior a 16.000 pessoas em 76 ações.
Em 2014 o festival retornou ao estado para apresentar a cultura baiana. Desta vez, além de Vitória e Vila Velha, Cachoeiro de Itapemirim recebeu apresentações, chegando pela primeira vez á região sul do ES. No mesmo ano, o FTB aconteceu também em Campo Grande, Bauru e São Paulo.
Por Assessoria de Imprensa

9 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias