Domingo, 01 de Agosto de 2021
27 99808-4347
Cultura Tv

Como? TV fica mais de 10 anos embalada na Biblioteca Pública de Linhares

Leia o que disse o secretário de Cultura do município:

29/07/2015 06h50
Por: Redação
Como? TV fica mais de 10 anos embalada na Biblioteca Pública de Linhares

Uma declaração feita por Josemar Elias Braz, que por algum tempo foi uma espécie de “alma” para que as ações da Secretaria Municipal de Cultura de Linhares ganhassem destaque, chama a atenção: de acordo com o ex-servidor da Pasta, uma televisão 32 polegadas permaneceu por mais de 10 anos embalada, na sala administrativa da Biblioteca Pública Municipal de Linhares.
Ainda de acordo com Josemar, que acompanha bem de perto o que acontece na Cultura local e no Estado, nesta terça-feira (28) o aparelho, finalmente, passou a ser utilizado pela população: “Hoje ela vai ser utilizada pela população. Não carece um patrimônio público ficar guardado! Sei que muitas pessoas vão utilizar essa televisão, ela vai servir para informar e ajudar nos trabalhos acadêmicos”, esclareceu Josemar.
Em contato com o Secretário Municipal de Cultura, Urbano Davila, ele explicou que a televisão foi passada em comodato para a Biblioteca Pública Municipal a fim de exibir a TV Cultura e, a princípio, ficou de ser instalada na área que foi priorizada para a informática ou na área das crianças, "mas não tinha condições de abafar o som e isso atrapalharia os demais usuários", justifica Urbano. Outro fator que alterou os planos foi o espaço físico que se tornou menor por conta do aumento do acervo. Em suma: a TV ficou embalada por “falta de adequação do espaço físico”. Esse espaço não foi contemplado junto com a construção e reforma, pois é necessário uma área própria para o mesmo, reforçou Urbano Davila.
O secretário, que há seis meses está à frente das ações da Secretaria Municipal de Cultura, disse que agora a televisão terá utilidade: “Achei por bem colocá-la na área de informática, onde será utilizada por grupos e escolas quando devidamente solicitado”, disse ele.
Abaixo a íntegra da declaração de Josemar Elias Braz e um registro de Élida Oss, feito em um dos diversos momentos culturais que ele promoveu quando trabalhava nas ações na sede da Secretaria.

23 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias