Domingo, 01 de Agosto de 2021
27 99808-4347
Cultura Regencia

Suspense, emoção e cena macabra no cemitério de Regência

E tudo vai parar na telona

29/06/2015 05h40
Por: Redação
Suspense, emoção e cena macabra no cemitério de Regência

Cenas no cemitério, nas trilhas, no farol, em frente a igrejinha histórica e em outros locais de destaque de Regência Augusta vão dar o que falar. Um trabalho de literatura com a professora Luciana de Oliveira, em sala de aula, resultou em mais um feito que, certamente, colocará a bucólica vila em cenário Nacional quando o assunto é cultura capixaba. O trabalho acabou saindo da sala de aula e se expandiu para os recantos e encantos naturais e monumentos histórico-culturais da vila de Regência Augusta, em uma abordagem documental na forma de ficção das lendas contadas e “vividas” pelos moradores da comunidade; resgatando a literatura oral do imaginário coletivo. Assim surgiu o curta-metragem “Lendas de Regência Augusta”, com produção da Escola Vila de Regência e Cia de Artes Regência Augusta.
A história
Tudo começa em uma roda de contador de histórias, quando uma antiga moradora da comunidade é convidada pela professora para contar algumas lendas de Regência para um grupo de alunos. Em frente à histórica igrejinha, a moradora começa o ofício, quando, o jovem Mateus adormece e a história começar passar por sua imaginação: Mateus e sua turma saem da escola para um acampamento em uma área verde, mata próxima a um rio. A partir daí as cenas começam a acontecer num mito de ficção e realidade dentro do seu universo cultural e paisagístico de Regência.
Caboclo Bernardo
A história de Bernardo José dos Santos, o Caboclo Bernardo, claro, é um dos destaques: afinal, ele entrou para a história após arriscar a vida para salvar uma tripulação náufraga no Pontal do Rio Doce após o navio Imperial Marinheiro chocar-se com bancos de areia localizados a 120 metros da praia. Era madrugada e a população de Regência se mobilizou para tentar salvar a tripulação, mas pouco se podia fazer por conta do mar violento. Foi aí que Bernardo nadou até o navio com uma corda por onde os tripulantes poderiam vir, um a um, pendurados até à praia. Dos 142 tripulantes, 128 conseguiram se salvar.
No curta, os personagens chegam a um porto para embarcarem até o local do acampamento. No porto, os jovens começam a viver o universo lendário da cultura popular ocasião em que a pequena embarcação, já no meio do rio, começa a balançar levando-os a viver a lenda do “Caboclinho D`Água”. Mas esse acampamento terá muitas aventuras e até coisas do além, como a lenda da “Velha do Farol” que dá sequência para um cenário de filme de terror: o cemitério. O resto da história, que termina com o público decidindo se as lendas são verdadeiras, ou simplesmente mitos, histórias inventadas do imaginário coletivo, você saberá somente quando o trabalho for lançado.
O curta-metragem está previsto para ser lançado no segundo semestre do ano em curso, na Praça de Regência Augusta. O trabalho está sendo editado pela equipe da Cia de Artes Regência Augusta. De acordo com Adailton Alcântara, que faz parte da equipe de produção, é grande a expectativa para o lançamento.
O trabalho, certamente será abraçado pela “mídia” e empresariado. Os atores, produtores e equipe técnica é toda local e tem a participação do cenógrafo capixaba Carlos Cândido Casé e, Vale lembrar que o roteiro foi elaborado pelos alunos do nono ano da escola Vila Regência, na aula de Língua Portuguesa, da professora Luciana Souza de Oliveira.
Uma das pessoas ansiosas para o lançamento do Curta é a Diretoria da E.E.E.F.M Vila de Regência, Maria da Glória Buekuer, que, de acordo com Adailton, nem tem palavras para se expressar quando o assunto é a dedicação dos alunos no trabalho de tamanha importância ao que tange o fortalecimento da cultura local, desta vez, na área cinematográfica.

6 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias