17°C 29°C
Linhares, ES

Indústria extrativa do ES cresce 2,3% no ano

No acumulado de janeiro a março, a produção industrial teve desempenho positivo puxado pelo avanço na fabricação de minério de ferro pelotizado

21/05/2023 às 05h22
Por: Redação
Compartilhe:
Indústria extrativa do ES cresce 2,3% no ano

A indústria extrativa capixaba cresceu 2,3% no acumulado de janeiro a março deste ano, frente ao mesmo período de 2022, já na comparação de março contra o mesmo mês do ano anterior, a alta foi de 7,6%. Os dados foram compilados pelo Observatório da Indústria da Findes e fazem parte da pesquisa de Produção Industrial Mensal (PIM) do IBGE, divulgada nesta sexta-feira (19/5).

Clique aqui e siga o Eu Vi em Linhares no Instagram

Continua depois da publicidade

O desempenho do segmento foi puxado pelo avanço na fabricação de minério de ferro pelotizado, que evoluiu 26,5% no trimestre. O dado consta no relatório da Vale, que indicou ainda uma alta de 206,8% na produção da planta de Tubarão 3. No mesmo período do ano passado, a unidade se encontrava em uma fase mais longa de manutenção programada.  

Apesar do resultado positivo na produção de minério, outro setor que faz parte da indústria extrativa, o de petróleo e gás natural, teve queda no trimestre. 

Continua depois da publicidade

Indústria geral 

No 1º trimestre de 2023, a indústria geral capixaba acumula queda de 2,9% na produção frente ao mesmo trimestre do ano anterior. Contribuiu para o desempenho, o recuo de 11,5% da indústria de transformação.  

Lidera o ranking de retração no setor de transformação a fabricação de produtos de minerais não-metálicos (-19,9%), seguido de metalurgia (-10,5%), papel e celulose (-6,9%) e produtos alimentícios (-4,9%). 

Continua depois da publicidade

A gerente executiva do Observatório da Indústria e economista-chefe da Findes, Marília Silva, comenta que, o desempenho contracionista do setor pode estar relacionado à desaceleração da atividade econômica global no período, que desestimula as exportações. 

“O atual cenário de juros e inflação em patamares elevados, a recente volatilidade do mercado financeiro e as ainda presentes tensões geopolíticas impactaram o cenário da indústria. Além disso, no Brasil, o aumento do custo de financiamento e da inadimplência, em ambiente de elevado endividamento das famílias, tem causado impactos sobre o mercado de crédito nacional”.  

Continua depois da publicidade

Desempenho nacional supera o capixaba  

Na passagem de fevereiro para março de 2023, a indústria nacional registrou alta de 1,1%, na série livre dos efeitos sazonais, interrompendo, dois meses consecutivos de queda. Esse foi o maior crescimento da indústria nacional desde outubro do ano passado (1,3%).  

Entre as 25 atividades pesquisadas, 16 apresentaram variações positivas, com as influências mais importantes assinaladas na produção de coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis (1,7%), máquinas e equipamentos (5,1%) e equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos (6,7%).  

Já no Espírito Santo, o resultado da produção da indústria foi de queda de 1,8%, na comparação de março com o mês imediatamente anterior. Nas demais bases comparativas, o Estado também teve um desempenho inferior ao registrado pela indústria nacional.

De acordo com a economista-chefe da Findes, Marília Silva, para os próximos meses, a produção industrial do país e do Estado “ainda transcorrerá em um cenário de incertezas, marcado pela expectativa de desaceleração econômica entre as principais economias mundiais, em decorrência do aumento dos juros e inflação”.  

 

Por Lorena Zanon, com informações do Observatório da Indústria 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Linhares, ES
21°
Parcialmente nublado

Mín. 17° Máx. 29°

21° Sensação
1.25km/h Vento
78% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h11 Nascer do sol
05h09 Pôr do sol
Sáb 28° 18°
Dom 29° 19°
Seg 30° 18°
Ter 27° 20°
Qua 24° 20°
Atualizado às 08h04
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,36 +0,04%
Euro
R$ 5,76 +0,03%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,75%
Bitcoin
R$ 380,867,07 +0,45%
Ibovespa
119,567,53 pts -0.31%
Publicidade
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias