18°C 28°C
Linhares, ES

Mãe, como você tem cuidado de si mesma? Psicóloga traz instruções valiosíssimas

"Quero que você reflita: quem é você para além da maternidade? Para além das obrigações que são importas para você?", e tem mais no texto.

12/05/2023 às 11h18 Atualizada em 12/05/2023 às 11h35
Por: Redação
Compartilhe:
Mãe, como você tem cuidado de si mesma? Psicóloga traz instruções valiosíssimas

Como seria a vida de uma mãe se ela aprendesse a viver a maternidade com auto amor, recuperando a satisfação de viver através de práticas diárias de autocuidado? Como seria a vida de um filho se ele crescesse na presença de uma mãe feliz e bem cuidada por si mesma? Leiam o que a competente Daiane Amaral de Melo, psicóloga desde 2018, nos informou:

Clique aqui e siga o Eu Vi em Linhares no Instagram

Continua depois da publicidade

"O cenário atual é marcado por uma diversidade de possibilidades para a vida da mulher, com a inserção desta no mercado de trabalho e uma participação mais ativa na vida pública.  No entanto, por conta da estrutura patriarcal, fomos ensinadas a “ser boa esposa, boa mãe, boa dona de casa, e agora também ser boa profissional.”

Durante toda a vida a mulher é ensinada a cuidar de todos, menos de si,  todos esperam que sejamos perfeitas, e não é permitido nem sequer parecer que estejamos trabalhando para isso, a perfeição simplesmente tem que se materializar. E tudo deve parecer fácil e sem esforço. 

Continua depois da publicidade

Espera-se que sejamos beldades naturais, mães natas, líderes natas, e ainda precisamos pertencer a famílias naturalmente encantadoras, perfeitas em tudo, principalmente na MATERNIDADE.

Mas, hoje, eu queria falar especificamente sobre algo que às vezes pode ser negligenciado: você também é uma mulher, você é ser humana e não precisa ser perfeita ou dar conta de tudo sozinha.

Antes de ser mãe, filha, profissional, namorada, esposa, neta e os outros tantos papéis que você possa exercer, ou já ter exercido durante a vida, VOCÊ É MULHER. Não é saudável que toda a realização emocional de uma mulher esteja atrelada à maternidade e a criança, mas é isso que se espera dela.

Continua depois da publicidade

Quero te dizer, que você realmente não irá conseguir ser perfeita, que você irá errar, falhar, não irá conseguir dar conta de tudo sozinha.  Isso porque você é SER HUMANA, e nenhum ser humano é perfeito.

Não se culpe por errar ou não conseguir equilibrar tudo da maneira que gostaria. LEMBRE-SE DE QUE TODAS AS PESSOAS TÊM LIMITAÇÕES E QUE É IMPORTANTE CUIDAR DE SI MESMA PARA ENFRENTAR OS DESAFIOS DO DIA A DIA.

Continua depois da publicidade

Quebrar esse padrão que foi imposto pela sociedade não é fácil, mas é necessário.  

Quero que você reflita quem é você  para além da maternidade? Para além das obrigações que são importas para você?

É importante para você mãe praticar o autocuidado, ele se refere ao conjunto de ações que cada indivíduo exerce para cuidar de si e promover melhor qualidade de vida para si mesmo, mas aprender esta prática, envolve um bom gerenciamento emocional e autoconhecimento, pois cada pessoa possui suas próprias crenças, valores e ideais. É preciso encontrar aquele que seja ideal para você.

Minha dica é tente encontrar um tempo para fazer algo que lhe dá prazer, como ler um livro, caminhar, fazer uma aula de culinária ou de dança. Procure apoio para cuidar dos filhos ou encontrar maneiras de incluí-los em atividades que goste. Organize o seu tempo e estabeleça prioridades que incluam, além das obrigações, momentos de lazer e cuidados com a saúde, pratique o autocuidado.

AUTOCUIDADO É O QUE TE GERA PRAZER E CONEXÃO CONSIGO MESMA. 

Praticar autocuidado é autoconhecimento é muito importante, porém,  mudar os hábitos de vida não é algo que ocorre do dia para a noite. Na vida de uma mãe, fazer essa mudança exige muita  disciplina e força de vontade.

A psicoterapia pode ajudar a mãe nesse processo, Durante as sessões de psicoterapia cognitivo comportamental, sugerimos as pacientes uma lista com tudo que desejam fazer em uma ordem de prioridade. Exemplo: rotina com prazer de viver, descanso, lazer, atividade física, meditação, leituras, hobbies, sono adequado, socialização, etc….

Depois ensinamos como  seguir um passo de cada vez, dentro dos recursos delas. Sem falsas culpas ou crenças limitantes, ensinamos ainda, ferramentas de autogestão e mudanças de hábitos e a manterem firmes no propósito até o cérebro adotar um aprendizado automático. Ou seja, não seja, não é um efeito rápido, exige muito treino e ferramentas.

Portanto, não se cobre demais caso não consiga atingir seus objetivos através de tentativa de melhorar a rotina. Busque atendimento psicológico para um melhor direcionamento, caso não consiga por si mesma.

Não hesite em buscar ajuda profissional, para aprender as melhores formas de praticar o autocuidado e preservar a sua saúde física, psíquica e emocional.

Daiane Amaral de Melo, psicóloga desde 2018, pós-graduada em Terapia Cognitiva Comportamental. Possui experiência profissional tanto em atendimento clínico, quanto hospitalar,  e no atendimento à saúde mental da mulher e no tratamento para Ansiedade."

Instagram: @daianemelopsicologa

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Linhares, ES
22°
Tempo nublado

Mín. 18° Máx. 28°

22° Sensação
4.44km/h Vento
82% Umidade
4% (0mm) Chance de chuva
06h06 Nascer do sol
05h09 Pôr do sol
Ter 26° 19°
Qua 26° 18°
Qui 30° 19°
Sex 26° 19°
Sáb 27° 18°
Atualizado às 19h10
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,02 +0,00%
Euro
R$ 5,38 0,00%
Peso Argentino
R$ 0,02 -0,12%
Bitcoin
R$ 147,472,76 +0,06%
Ibovespa
110,333,40 pts -0.52%
Publicidade
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias