Sábado, 22 de Janeiro de 2022
27 99808-4347
Polícia Júri popular

Justiça para Watila: Julgamento de motorista teve dois PRFs como testemunhas

Marcio Dias da Silva, 37 anos, foi condenado a quase 40 anos de reclusão.

02/12/2021 10h29 Atualizada há 2 meses
Por: Redação
Justiça para Watila: Julgamento de motorista teve dois PRFs como testemunhas

Repercute o resultado do julgamento do motorista do Gol envolvido no acidente de trânsito que matou o motociclista Watila Feu e deixou a esposa dele, carona da moto, gravemente ferida. Marcio Dias da Silva, 37 anos, foi condenado a quase 40 anos de reclusão. Entre as testemunhas ouvidas no júri populares que aconteceu ontem (1º), estavam dois policiais rodoviários federais. O julgamento é comentado pelos quatro cantos da cidade, e reacendeu a saudade do condutor da moto, que deixou a esposa e a filha, e inúmeros amigos na cidade. 

Clique aqui e siga o Eu Vi em Linhares no Instagram

Continua depois da publicidade

Confira como foi o acidente clicando aqui

Vale lembrar que Marcio fugiu do local do acidente, e foi preso pela PRF, conduzido para o plantão da Polícia Civil que lavrou o flagrante por homicídio na direção de veículo automotor, lesão corporal 2 vezes, embriaguez ao volante e fuga do local do acidente, conforme nos explicou na ocasião o delegado Fabrício Lucindo Lima.

Continua depois da publicidade

 

“Infelizmente, este é mais um caso de tragédia provocada pela interação do consumo de bebidas alcoólicas e a direção de veículos. Apesar de todas as campanhas realizadas pelos poderes públicos esse tipo de comportamento ainda é considerado normal por muitos motoristas”, destaca a Polícia Rodoviária Federal.

4 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias