Domingo, 28 de Novembro de 2021
27 99808-4347
Polícia Prisão

Três homicidas presos no noroeste do Estado

Um deles, de 22 anos, foi preso em um lava jato.

24/11/2021 20h12
Por: Redação
Três homicidas presos no noroeste do Estado

Uma ação conjunta da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Nova Venécia, do 2º Batalhão da Polícia Militar de Nova Venécia e do 11º Batalhão da Polícia Militar de Barra de São Francisco resultou na prisão de três suspeitos de envolvimento em homicídios cometidos na região. Todos os detidos tinham mandados de prisão em aberto, fruto das investigações empreendidas pela DHPP de Nova Venécia.

Clique aqui e siga o Eu Vi em Linhares no Instagram

Continua depois da publicidade

A primeira prisão ocorreu, na tarde dessa segunda-feira (22), na praça do bairro Vila Luciene, em Barra de São Francisco. O detido de 28 anos é suspeito de envolvimento em um homicídio cometido no Assentamento 16 de Abril, zona rural do município. No dia 27 de julho, um ajudante de pedreiro de 21 anos foi morto a tiros por dois homens que chegaram de moto ao local de trabalho dele.

“Após investigações da DHPP de Nova Venécia, representamos pela prisão do indivíduo e o mandado foi expedido pela Justiça. Recebemos informações de que o investigado tinha sido visto no município de Barra de São Francisco e pedimos apoio à PM, que realizou a prisão”, relatou o titular da DHPP de Nova Venécia, delegado Wilian Dobrovosk.

Continua depois da publicidade

Já nessa terça-feira (23), as diligências se concentraram em Nova Venécia, onde outras três prisões ocorreram, sendo uma em flagrante. No bairro Bethania, um homem de 22 anos foi preso em casa, suspeito de espancar um homem até a morte, por causa de uma dívida de R$ 100.

Em seguida, os policiais seguiram até o bairro Bonfim, para dar cumprimento a mais um mandado de prisão. O suspeito não foi encontrado em casa, mas durante as buscas na residência os policiais apreenderam uma espingarda e uma garrucha caseiras, um revólver calibre 32, munições e recipientes contendo chumbo. Um homem de 58 anos estava na casa, assumiu a propriedade das armas, foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo e recolheu fiança, sendo liberado para responder em liberdade.

Em continuidade às diligências, a equipe conjunta se dirigiu até a localidade de Rubia, onde conseguiu localizar o suspeito. O indivíduo de 22 anos foi preso em um lava jato, suspeito de matar um adolescente, na madrugada de 21 de agosto, nas imediações da quadra do Bairro Bonfim. Fonte: Sesp

Continua depois da publicidade
Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias