Domingo, 28 de Novembro de 2021
27 99808-4347
Polícia Fim da linha

Suspeito de matar mulher a facadas em São Mateus é preso em Ibiraçu

Após a conclusão da investigação, foi confirmado o crime de feminicídio.

19/11/2021 11h13
Por: Redação
Suspeito de matar mulher a facadas em São Mateus é preso em Ibiraçu

A equipe da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) de São Mateus prendeu, na manhã desta sexta-feira (19), um senhor de 58 anos, suspeito de ter assassinado a facadas, uma mulher de 34 anos, no dia 9 de outubro deste ano, no bairro Centro, em São Mateus. A prisão ocorreu durante cumprimento do mandado de prisão preventiva na residência da irmã do suspeito, no bairro São Benedito, em Ibiraçu.

Clique aqui e siga o Eu Vi em Linhares no Instagram

Continua depois da publicidade

Dias após o crime, o suspeito foi até a Delegacia Regional de São Mateus e afirmou que teria agido em legítima defesa. Entretanto, após a conclusão da investigação, concluiu-se o crime de feminicídio, razão pela qual foi representada a prisão preventiva do suspeito.

“Ele residia em São Mateus, fugiu da cidade tornando-se um foragido da Justiça e, após inúmeras diligências, chegou-se em dois possíveis endereços, sendo um deles em Ibiraçu e o outro em Aracruz, confirmando-se, ao final, que o foragido encontrava se na cidade de Ibiraçu, na casa de uma de suas irmãs, onde com o apoio da Polícia Civil daquela cidade foi preso sem oferecer resistência”, disse o titular da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) de São Mateus, delegado José Eustáquio.

Continua depois da publicidade

As investigações apontaram também que o suspeito se relacionava intimamente com a vítima e após uma briga, ele desferiu dezenas de facadas em várias partes do corpo dela, inclusive em suas costas. O suspeito foi encaminhado à Delegacia de Ibiraçu onde foi dado o cumprimento do mandado e será encaminhado ao Sistema Prisional.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias