Quarta, 25 de Maio de 2022
27 99808-4347
Saúde Absurdo no HGL

HGL: Em enfermaria masculina mulher relata constrangimento em ver até paciente trocar de roupas na frente dela

Ela diz que não teve direito a acompanhante e pede providências. De novo, cena de gente dormindo no chão está na lista das reclamações.

17/11/2021 11h21 Atualizada há 6 meses
Por: Redação
HGL: Em enfermaria masculina mulher relata constrangimento em ver até paciente trocar de roupas na frente dela

Os dias e noites não têm sido fácil para a manicure Regiane Ferreira de Souza, uma leitora de 28 anos, moradora do bairro Juparanã, e que desde o feriado de 15 de novembro, segunda-feira, está em uma enfermaria masculina no Hospital Geral de Linhares (HGL). A manicure disse que passa por momentos de constrangimento desde que teve início a internação, e que foi informada que não pode ter acompanhante por conta da idade. Até partes íntimas de pacientes ela viu durante um procedimento em um leito ao lado do seu.

Clique aqui e siga o Eu Vi em Linhares no Instagram

Continua depois da publicidade

A paciente, ao nos enviar o relato e fotos, esclareceu que, se sofrer qualquer tipo de repressão por parte do hospital por fazer as denúncias, irá tomar as devidas providências na justiça. Ela explicou que está no HGL esperando vaga para retirar platina do pé, procedimento, que conforme explicou, será feito em Vila Velha, na Grande Vitória.

Banheiro – Regiane disse que o banheiro não tem trava na porta. “A gente vai tomar banho e precisa segurar a porta. Não me pergunte como, mas eu consegui”, disse ela.

Continua depois da publicidade

Constrangimento – “Um senhor que está do meu lado fez suas necessidades em cima da cama e trocaram as vestes, na presença de todos, e eu fiquei muito constrangida”, relatou. “Eu estou na enfermaria L, em baixo, perto do Pronto socorro. Só tem eu de mulher junto com quatro homens. Tenho que usar o mesmo banheiro que eles, tenho que ver todo o comportamento masculino, e tá muito constrangedor pra mim ver paciente usando sonda fazer cocô perto de mim”, detalhou.

“No quarto não tem lixeira, eu não posso ter acompanhante e disseram que é por conta da minha idade, 28 anos. Mas, então, porque no meio de um monte de homem eu posso ficar? Veja em uma das fotos, tem gente dormindo no chão como daquela outra vez que o Site Eu Vi em Linhares denunciou. Por favor, me ajude, mostre essas fotos também”, pediu ela.

Claro que nós procuramos a Prefeitura de Linhares e pedimos uma explicação e quando as providências seriam tomadas, mas até o momento o e-mail não foi respondido. Vamos insistir para que a comunidade tenha acesso à resposta.

Continua depois da publicidade

Atualizada às 12h01 - A paciente disse que assim que a manchete foi divulgada, alguém foi até ela e a levou para o corredor do hospital.

Atualizada às 12h06 - Vejam a nota que a Prefeitura de Linhares nos enviou: "O Hospital Geral de Linhares (HGL) informa que vai apurar as denúncias.”

Continua depois da publicidade
17 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias