Domingo, 28 de Novembro de 2021
27 99808-4347
Polícia Cúmulo do absurdo

Bebê é encontrada suja, no frio e com fome no quintal de residência em Linhares. Foi de madrugada

A mãe dela estava bêbada e descontrolada. Foi pouco depois das 3h de hoje (14).

14/11/2021 09h50
Por: Redação
Bebê é encontrada suja, no frio e com fome no quintal de residência em Linhares. Foi de madrugada

Uma mulher de 37 anos foi presa na madrugada desde domingo (14) após deixar a filha, uma bebê, abandonada em um carrinho no quintal de uma casa no bairro Interlagos. A vítima chorava muito, e parecia estar faminta. Tudo isso aconteceu durante a frienta madrugada que, segundo relatório policial, estava em 18 graus. Após denúncia e constatado o fato, a criança foi imediatamente socorrida pela guarnição da Polícia Militar, que em seguida acionou o Conselho Tutelar e levou a mulher algemada para a delegacia de Linhares.

Clique aqui e siga o Eu Vi em Linhares no Instagram

Continua depois da publicidade

A situação é revoltante: De acordo com relato policial, a denúncia de maus-tratos dava conta de que a mulher havia sido despejada de onde morava e recebeu ajuda e estava devidamente acolhida com a filha, mas não cuidava da criança. Quando ouvia uma testemunha no local, a mulher apareceu completamente embriagada e gritando que ninguém iria tomar a criança dela.

Perguntado onde a genitora havia deixado a criança, a mulher respondeu que ela estava amarrada no carrinho de bebê, no quintal da residência. Então, imediatamente os policiais foram até o local e encontraram a bebê, que realmente estava no carrinho, completamente suja, abandonada no meio do quintal, no sereno e chorando muito.

Continua depois da publicidade

A criança, ainda segundo o relatório, estava com o rosto todo avermelhado devido o frio de 18 graus na madrugada. A criança foi retirada daquela situação de abandono, o Conselho Tutelar foi ao local, também constatou a situação de abandono, e levou a criança para um abrigo.

A mulher, totalmente alterada e bêbada, tentava impedir o trabalho da polícia e da equipe do Conselho Tutelar, e acabou levada para a 16ª Delegacia Regional de Linhares, no banco de trás da viatura e a Polícia Civil deu sequência ao caso.

23 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias