Sábado, 24 de Julho de 2021
27 99808-4347
Dólar comercial R$ 5,2 -0.05%
Euro R$ 6,12 -0.05%
Peso Argentino R$ 0,05 -0.06%
Bitcoin R$ 186.903,4 +3.801%
Bovespa 125.052,78 pontos -0.87%
Economia EDP

R$ 4,4 milhões - EDP assina ordem de serviço para construção de subestação de energia em Santa Teresa

Empreendimento beneficiará 7,5 mil habitantes, aprimorando a qualidade do fornecimento elétrico.

05/07/2021 18h05
Por: Redação
R$ 4,4 milhões - EDP assina ordem de serviço para construção de subestação de energia em Santa Teresa

A EDP, distribuidora de energia elétrica do Espírito Santo, realizará um investimento da ordem de R$ 4,4 milhões com a construção da Subestação Caldeirão, no município de Santa Teresa, na região Serrana do Estado. A cerimônia de assinatura da ordem de serviço de início das obras foi realizada na Prefeitura de Santa Teresa e contou com a presença do prefeito Kleber Medici, e do diretor da EDP, Fernando Saliba. A reunião seguiu todos os protocolos sanitários vigentes de combate à Covid-19.

O empreendimento beneficiará 7,5 mil habitantes do município de Santa Teresa, Santa Maria de Jetibá e Itarana, e permitirá a geração de 36 postos de trabalho durante as obras. A subestação eleva a capacidade do sistema energético e foi planejada para ampliar a capacidade de abastecimento de energia e assegurar o crescimento econômico local. 

Continua depois da publicidade

A nova subestação será erguida em uma área de 2,7 mil metros quadrados na localidade de Alto Caldeirão e está prevista para entrar em operação em 06 meses. A Subestação Caldeirão somará as outras 97 subestações que compõem a rede de distribuição da EDP.

“Com este investimento, a EDP reforça a infraestrutura de distribuição contribuindo para o desenvolvimento econômico do Estado, contribuindo com a geração de empregos e melhorando a qualidade no fornecimento de energia dentro de elevadas condições técnicas e de segurança”, afirma Fernando Saliba.

Continua depois da publicidade

O prefeito de Santa Teresa, Kleber Medici, destacou a importância do empreendimento para a região. "A construção estratégica dessa subestação de energia da EDP contribuirá em muito para o desenvolvimento da microrregião Central-Serrana. A população e as empresas instaladas e outras que quiserem se instalar em nosso município contarão com um sistema sem risco de sobrecarga, portanto, com maior estabilidade e segurança no fornecimento de energia".

A subestação contará com dois níveis de tensão (69/13,2 kV), um transformador de 6,67 MVA distribuídos em dois alimentadores de média tensão, trazendo maior confiabilidade e qualidade. A operação da subestação será telecomandada via Centro de Operação Integrado (COI). Totalmente digitalizadas, as unidades possuem sistemas de supervisão, comando, controle e proteção. Além disso, contam com vídeo-monitoramento para segurança, o que também permite aos operadores do COI visualizarem, de forma remota, as operações e serviços realizados nos equipamentos de alta tensão. Fonte: EDP.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias