Sábado, 18 de Setembro de 2021
27 99808-4347
Polícia Denúncia

Jocafe 2: Baile funk com entrada paga é denunciado após morte de Pâmela

Um dos denunciantes disse: Tiros não eram para ela. O Jocafe 2 sediou 2 tentativas de homicídio na madrugada de domingo (27).

28/06/2021 08h26 Atualizada há 3 meses
Por: Redação
Jocafe 2: Baile funk com entrada paga é denunciado após morte de Pâmela

Com menos de 20 minutos no ar, a manchete sobre o homicídio que vitimou a jovem Pâmela Barbosa Volponi, de 26 anos, aguçou uma “enxurrada” de denúncias no início da madrugada desta segunda-feira (28), todas sobre a existência de um espaço onde acontecem bailes funk com cobrança de entrada, em uma casa, no Residencial Jocafe 2, bairro Santa Cruz.

Notícia relacionada – Pâmela é morta com oito disparos de arma de fogo no Jocafe 2

Continua depois da publicidade

A informação é que a vítima não estava no referido baile quando foi morta, mas que “antes estava frequentando o baile funk na casa do organizador, porém, no momento dos tiros, a jovem estava do lado de fora do imóvel”. Uma das pessoas que reclamaram sobre os eventos, afirmou que o alvo dos tiros, conforme o que ouviu no local, não seria Pâmela.

Nas informações oficiais não consta o endereço do fato, apenas o do Hospital Geral de Linhares (HGL), para onde a vítima foi levada por populares, mas um morador especificou que o crime aconteceu na Rua Basílio Moraes de Souza. “Não sei para quem seriam esses tiros, mas existe um grande fluxo de usuários de drogas nessa festa, então, acredito que tenha alguma relação com os disparos, mesmo que não tenha sido na pessoa que eles queriam”, explicou.

Continua depois da publicidade

“Acontecem brigas com grande frequência no meio dessas festas”, afirma outro morador, que prosseguiu: “A vizinhança toda já se queixou com a polícia sobre os bailes funk, drogas, vários adolescentes usando drogas e bebendo, farra até de madrugada, mas nunca o problema foi resolvido”, disse ele.

Baile no sábado – Mais um morador reclamou sobre os bailes funk com cobrança de entrada, e disse que no sábado (26), dois DJs foram divulgados como atração do evento no Jocafe 2. “É tudo clandestino, aqui nem bar poderia ter por ser um conjunto habitacional, mas aqui tem de tudo. Nesses bailes cobram até entrada, como se a casa fosse uma boate”, considerou.

O morador foi além: “Esse, no sábado, foi cobrado R$ 25,00 para homens e R$ 10,00 para mulheres, e com anúncio em banner e tudo. Bebidas foram vendidas no local. E no sábado, balearam um menor de idade e um rapaz que estavam nesse baile. Os dois foram levados para o hospital”, relatou.

Continua depois da publicidade

Nós confirmamos a informação sobre as tentativas de homicídio. O relatório policial cita que a ocorrência foi registrada na madrugada de domingo (27), e que os feridos foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros ao serem encontrados caídos na Avenida Abigail Abreu Ferreira, no Jocafe 2, bairro Santa Cruz.

Populares ouviram os disparos e ao conferirem na rua, viram dois indivíduos caídos no chão, mas não souberam informar aos policiais a motivação e autoria do crime. Uma das vítimas tem

Continua depois da publicidade

16 anos e mora no Residencial, e a outra tem 20 e reside no Santa Cruz, mas fora dos conjuntos habitacionais (Jocafes 1 e 2). O adolescente foi atingido por disparos de arma de fogo nas costas, e o rapaz na coxa esquerda e lado direito do abdômen. Eles ainda se recuperam.

22 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias