Quarta, 08 de Dezembro de 2021
27 99808-4347
Saúde Alerta em Linhares

Linhares registra 182 novos casos de dengue e 25 de chikungunya em uma semana

Informe semanal é da Vigilância Ambiental. Tem até óbito nos dados acumulados no período epidemiológico do ano.

23/06/2021 07h12
Por: Redação
Linhares registra 182 novos casos de dengue e 25 de chikungunya em uma semana

O informe semanal divulgado nesta terça-feira (22) pela Vigilância Ambiental, órgão vinculado à secretaria municipal de Saúde, assusta: 182 novos casos da dengue e outros 25 novos casos de chikungunya em Linhares. Dados acumulados no período epidemiológico, iniciado em 03/01/2021, somam 1.683 casos de dengue e um óbito, além de 2.483 notificações. Em relação à chikungunya, são 87 notificações, 49 confirmações e nenhum óbito até o momento.

Bairros - Segundo o documento, os bairros com mais casos confirmados para dengue  são: Interlagos (353), Santa Cruz com 224 casos, Novo Horizonte com 230, Aviso com 175 casos, seguidos de Araçá com 133 e Centro, 112 casos registrados. Para chikungunya os bairros com maiores números são Araçá, Aviso e Interlagos.

Continua depois da publicidade

A eliminação dos criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor do vírus, é a medida preventiva com resultado certo. A Vigilância Ambiental lembra que 90% dos criadouros estão em ambientes domésticos.

Cuidados - Na informação enviada para a imprensa, a Prefeitura de Linhares destaca que é absolutamente necessário que as pessoas eliminem todo tipo de criadouros como água parada em vasos de plantas, garrafas, lixo e bebedouros de animais, entre outros, onde as larvas do mosquito se criam. É extremamente importante manter uma rotina de limpeza semanal na residência, para eliminar qualquer tipo de lixo acumulador de focos da dengue.

Continua depois da publicidade

Os casos mais graves da doença costumam ocorrer em determinados grupos de risco, composto por idosos, gestantes, lactentes menores (29 dias a 6 meses de vida), imuno-suprimidos, pessoas com algum tipo de doença crônica pré-existente, como hipertensão arterial, diabetes mellitus, anemia falciforme, doença renal crônica, entre outras.

No entanto, a orientação é que todos busquem atendimento de saúde logo que apresentem os primeiros sintomas. O diagnóstico precoce e o tratamento em tempo oportuno reduzem significativamente as chances de agravamento do caso.

Os sintomas são febre acompanhada de dor de cabeça, dor articular, dor muscular e dor atrás dos olhos ou mal-estar geral. Esses sinais não podem ser desprezados, finaliza a divulgação.

Continua depois da publicidade
2 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias